Secretaria de Segurança realiza campanha sobre mulheres ao volante

0
131

Em homenagem à semana da mulher, referente a comemoração ao Dia Internacional da Mulher em 8 de março, a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri (SSMU) deu início à campanha “Mulher no Volante, Consciência Constante”.

A ação mostra a importância do papel da mulher no trânsito e dicas para uma direção mais segura, dando ênfase especial às gestantes. “O objetivo é fomentar a consciência dos usuários do sistema de mobilidade urbana (condutores, pedestres) sobre a importância da mulher no trânsito e cuidados específicos que podem ser considerados”, esclarece Jaime Matos, diretor do Núcleo de Educação no Trânsito (NET).

Em São Paulo, as mulheres são 40% dos motoristas e esse número vem crescendo nos últimos anos. O interessante é que, apesar das piadas de mal gosto quanto a atuação feminina ao volante, dados do Infosiga SP revelam que as mulheres se envolvem bem menos em acidentes. De acordo com o órgão, que recebe e apura os dados de boletins e registros das Polícias Civil e Rodoviária Federal no Estado de São Paulo, de janeiro a agosto de 2020  apenas 6,3% dos condutores envolvidos em acidentes de trânsito eram mulheres, contra 93,5% de homens.

Faixas e cartazes da campanha podem ser vistos nos principais pontos da cidade, além de versões eletrônicas percorrendo as redes sociais e os canais do órgão de trânsito e da Prefeitura. Os materiais dão dicas sobre o prazo que as gestantes podem dirigir, a maneira correta de colocar o cinto de segurança, qual o procedimento a ser adotado quando as mesmas apresentam mal-estar, sejam no volante ou como pedestres, dentre outros.

Jaime conta sobre o projeto voltado às mulheres. “Rotineiramente nós fazemos ações voltadas para diversos públicos e as mulheres não poderiam ficar de fora. Distribuímos no município cartazes e faixas em alguns pontos estratégicos que, além de parabenizá-las, as orientam sobre alguns cuidados especiais durante a condução”, aponta. “Alguma distração ao volante, o uso de bebida alcoólica, excesso de velocidade e até o uso de celular, que é algo que está muito presente no dia a dia das pessoas são alguns dos pontos em destaque”, detalha o agente.

Dicas para as motoristas gestantes:

  • Evite dirigir a partir dos 7 meses de gravidez
  • Não passe o cinto de segurança sobre a barriga
  • Se tiver enjoo ou tontura, pare o carro até melhorar
  • Como pedestre, gestante deve ter preferência
  • Em caso de tontura e inchaço, evite as ruas

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri