Setembro Amarelo é muito mais que um alerta, é informação e acolhimento

0
91

Angústia, ansiedade e depressão são os sentimentos que mais têm afetado a saúde mental das pessoas nos últimos tempos, principalmente durante a pandemia, segundo estudos apontados pela Organização Panamericana da Saúde (OPAS). Esses fatores podem catapultar transtornos que levam pessoas a tirarem a própria vida, daí a importância da campanha nacional de prevenção ao suicídio – Setembro Amarelo. 

De acordo com o psicólogo Rogério Fernando Silva, que atua no Núcleo de Reabilitação Pós-Covid-19 de Barueri, tais dados se confirmam devido a crise econômica e, sobretudo, sobre as famílias enlutadas. 

“Famílias foram desestruturadas pelas perdas dos seus entes queridos, pessoas perderam os empregos, empresários fecharam suas portas e muitos foram forçados a um distanciamento social e não conseguem lidar com tal realidade, principalmente aqueles que já estavam em acompanhamento psicológico com diagnóstico de depressão e ansiedade. Esses fatores são potenciais para a eminência de suicídio”, alerta o especialista. 

Sinais de alerta 

Frases como “já vivi demais. Sou um peso para os outros” ou “ninguém gosta de mim e não vou fazer falta” são sinais de alerta que indicam que a pessoa está em sofrimento psíquico. Alterações extremas de humor e na rotina; pensamentos obsessivos e sem esperança; desapego e doação de pertences; comportamento irresponsável e perigoso; afastamento de amigos; e despedidas fora de contexto são importantes sinais que indicam comportamento suicida. 

Preste atenção, não ignore e acolha 

Saber ouvir a pessoa atentamente sem julgamento e manifestar empatia, respeitando os seus sentimentos com demonstração de afeto e cuidado são atitudes que podem ser fundamentais na hora de ajudar aquela pessoa que pensa em cometer suicídio. E o mais importante: incentive-a a procurar ajuda profissional. 

Você não está sozinho! 

Tanto para pessoas que pensam em atentar contra a própria vida, como para as famílias que ficam desoladas devido essa grave e traumática perda, a Secretaria de Saúde de Barueri, por meio da Diretoria de Saúde Mental, conta com uma rede de apoio composta por uma equipe multiprofissional que faz o acolhimento e a escuta psicológica.  

O Setembro Amarelo é apenas um lembrete da importância de que o sofrimento psíquico é real e necessita de tratamento e, mais importante ainda, de que o suicídio pode ser evitado com escuta qualificada e muito amparo. Não só este mês, mas durante todo o ano, quem necessita de apoio mental pode procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de casa e agendar atendimento. 

Casos de maior urgência, como surtos e tentativas de atentado contra a própria vida, podem ser levados diretamente a um dos Caps (Centros de Atenção Psicossocial) sem necessidade de agendamento. Barueri conta com o Caps Infantojuvenil (telefone 3164-9560), o Caps Adulto (telefone 3164-9562) e o Caps Álcool e Drogas (telefone 3164-9561).  

Neste setembro 

Para este mês, uma série de ações que envolvem informação e escuta especializada está programada para ajudar quem precisa a fazer parte desta rede de apoio.  

“A prevenção é a melhor política e possibilita detectar sofrimentos e criar uma rede não só de saúde, mas uma rede de apoio e contingência para o suporte do sofrimento psíquico, evitando o desfecho de uma morte precoce”, ressalta a diretora de Saúde Mental, Rita de Cássia Bittencourt Stella.  

Confira a programação completa abaixo: 

   Data 

                  Ação 

                             Local 

Primeira semana 

Envio por WhatsApp de cartão com o tema para alguns pacientes 

UBS Hélio Berzaghi (Jd. Paulista) 

03/09 – 15h30 

Atividade “Sofrimento Existencial para Profissionais de Saúde” (público-alvo: profissionais da UBS) 

UBS Edini Cavalcante Consoli (Jd. Tupan) 

08/09 – 11h 

Atividade “Sofrimento Existencial para Profissionais de Saúde” (público-alvo: profissionais da UBS) 

UBS Edini Cavalcante Consoli (Jd. Tupan) 

09/09 – 9h 

Rodas do Consultório na Rua com usuários nos atendimentos territoriais 

Boa Vista 

10/09 – 8h 

Roda de Conversa 

UBS Julio Lizart (Vale do Sol) 

10/09 – 10h 

Decoração com tema da campanha, atividades de ioga, skate, mural para grafitar, espaço da família, sarau, árvore de mensagens focadas na temática de prevenção ao suicídio 

CAPS Infantil 

10/9 – 15h30 

Google Meet “Família e Desenvolvimento Emocional” (https://meet.google.com/jfi-iamj-xem

UBS Edini Cavalcante Consoli (Jd. Tupan) 

14/09 – 13h30 

Fórum “Compreendendo os alunos em fase de adolescência”, na Emef Alcino Francisco de Souza, para o Ensino Fundamental II 

UBS Vince Nemeth (Jd. Audir) / Emef Alcino Francisco de Souza 

15/09 – 14h 

Espaço de escuta com profissionais da equipe do Consultório na Rua 

Boulevard 

16/09 – 8h30 

Exibição de vídeo sobre Setembro Amarelo e elaboração de cartazes com pacientes adolescentes 

UBS João de Siqueira (Jardim Reginalice) 

16/09 – 9h 

Rodas do Consultório na Rua com usuários nos atendimentos territoriais 

Aldeia 

16/09 – 9h 

Visita à exposição Setembro Amarelo de Santana de Parnaíba, com pacientes e técnicos 

CAPS Infantil 

16/09 – 13h 

Visita à exposição Setembro Amarelo de Santana de Parnaíba, com pacientes e técnicos 

CAPS Infantil 

17/09 – 15h30 

Google Meet “A Gente Fala, o Corpo Cala” (https://meet.google.com/ndk-hpyp-Kzs)  

UBS Edini Cavalcante Consoli (Jd. Tupan) 

20/09 – 9h 

Rodas do Consultório na Rua com usuários nos atendimentos territoriais 

Engenho Novo 

20/09 – 11h30 

Fórum “Prevenção ao Suicídio” 

UBS Armando Gonçalves de Freitas (Pq. Imperial) 

21/09 – 11h 

Encontro de Atualização sobre Prevenção ao Suicídio com a participação do Caps ADIII, Unidade de Acolhimento e equipe do Consultório na Rua. Distribuição de folders com o tema da campanha aos usuários e familiares, durante a semana. 

CRAD 

21/09 – 14h 

Roda de conversa sobre comportamento suicida e fluxo em saúde mental 

UBS Julio Lizart (Vale do Sol) 

22/09 – 10h 

Roda de conversa com funcionários da recepção da UBS, com o tema “Sensibilização e Cuidado em Saúde Mental: O Sentido da Vida” 

UBS Hermelino Liberato Filho (Jd. Belval) 

23/09 – 9h 

Rodas do Consultório na Rua com usuários nos atendimentos territoriais 

Jardim Paulista 

23/09 – 14h 

Roda de conversa sobre prevenção ao suicídio com professores e funcionários da Emeief Bendito Aderbal Farbo  

UBS Julio Lizart (Vale do Sol) 

24/09 – 15h30 

Google Meet “Prevenção ao Suicídio, Muito Além de Setembro” (https://meet.google.com/jcg-sqyu-pxy)  

UBS Edini Cavalcante Consoli (Jd. Tupan) 

27/09 – 9h 

Rodas do Consultório na Rua com usuários nos atendimentos territoriais 

Jardim dos Camargos 

27/09 – 13h 

Entrega de Kits Setembro Amarelo, através de visita domiciliar para pacientes em situação de risco na região Sul 

CAPS Estação 

28/09 – 8h30 

Entrega de Kits Setembro Amarelo, através de visita domiciliar para pacientes em situação de risco na região Leste 

CAPS Estação 

28/09 – 14h 

Roda de conversa com funcionários sobre luto e desmitificação do processo, acolhimento e escuta qualificada 

UBS Julio Lizart (Vale do Sol) 

28/09 – 14h30 

Fórum “Atenção e Prevenção ao Suicídio – Falar É a Melhor Solução” 

Núcleo Pós Covid-19 

28/09 – 14h30 

Fórum “Como Gerir Emoções em Tempos de Crise”, com ioga e meditação  

UBS Amaro José de Souza (Jd. Mutinga) 

28/09 – 15h30 

Fórum “Como Gerir Emoções em Tempos de Crise”, com ioga e meditação  

UBS Amaro José de Souza (Jd. Mutinga) 

29/09 – 8h30 

Entrega de Kits Setembro Amarelo, através de visita domiciliar para pacientes em situação de risco na região Oeste 

CAPS Estação 

29/09 – 14h30 

Fórum “Como Viver Diante da Dor Pode Ser a Melhor Escolha” 

Núcleo Pós Covid-19 

30/09 – 9h 

Espaço de escuta com profissionais da equipe do Consultório na Rua 

Praça da UBS Hélio Berzaghi (Jd. Paulista) 

30/09 – 10h 

“Caminhada pela Vida” com técnicos e pacientes do CAPS. Partida e chegada: Praça dos Estudantes 

CAPS Estação 

30/09 – 14h 

“Caminhada pela Vida” com técnicos e pacientes do CAPS. Partida e chegada: Praça dos Estudantes 

CAPS Estação 

01/10 – 11h 

Roda de conversa entre a equipe técnica para fomentar a discussão multidisciplinar, esclarecer dúvidas e pensar na prática da clínica do CAPS 

CAPS Estação 

01/10 – 15h 

Roda de conversa entre a equipe técnica para fomentar a discussão multidisciplinar, esclarecer dúvidas e pensar na prática da clínica do CAPS 

CAPS Estação 

 
 

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri