Prefeitura põe fim a prédios inacabados que traziam insegurança ao centro da cidade

0
85

A Prefeitura de Barueri está pondo um fim em um conjunto de prédios inacabados e que trazia insegurança aos moradores e comerciantes do entorno da rua Domingos Crudo, no Centro da cidade. São três edificações construídas há vários anos por uma empresa privada e não finalizadas. As estruturas foram se deteriorando com o tempo, comprometendo ainda a paisagem do local. 

A Secretaria de Obras começou a demolir os três prédios em abril e deverá concluir a ação neste mês de setembro. O processo de demolição exige cuidado por se tratar de um local bastante movimentado no Centro da cidade, além de ser um terreno íngreme. 

“Vamos, primeiramente, recuperar a área e fazer uma remodelação no local. A Prefeitura vai tirar aquele ‘mausoléu’ do Centro, para deixar a cidade mais bonita”, afirma o secretário de Obras, Beto Piteri. 

A Prefeitura desapropriou a área para que pudesse iniciar a demolição. Originalmente, o local daria lugar a um conjunto habitacional, que não chegou a ser finalizado por problemas com a construtora da obra. Depois do trabalho de demolição concluído, haverá a execução de um levantamento topográfico, que é o mapeamento de todas as características da superfície do terreno.  

Só depois da conclusão desse levantamento é que a Prefeitura terá condições para decidir qual tipo de equipamento público poderá ser feito ali. Calcula-se que depois de tudo demolido haverá cerca de 2.700 metros cúbicos de entulho.  

Moradores aprovam 
Doralice Francisca da Silva, há mais de 60 anos residente na rua Sargento José Paulo, que fica justamente na parte de trás da demolição, aprova o fim dos prédios. “Isso aí não estava servindo para nada. Seria bom se a Prefeitura construísse uma creche nesse lugar, para a gente ver crianças brincando e correndo”, afirma. 

Eduardo Souza, comerciante na rua Damião Fernandes também aprovou a demolição. “É uma construção que deixa a cidade feia, principalmente para quem passa pela Castello Branco e tem uma visão mais ampla desses prédios”, opina.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri