Mexicana Kavak escolhe Barueri para expandir negócios no Brasil com aporte de R$2,5bi

0
95

A plataforma de carros usados Kavak, que mantém sede no México, está abrindo operações no Brasil e os planos são bem ambiciosos. Com um investimento de R$2,5 bi, a startup quer, até 2022, estabelecer em solo brasileiro seu principal mercado de compra e venda de veículos usados, superando até mesmo a matriz mexicana.

O anúncio foi feito no final de julho, no dia 27, e muito comemorado pela Prefeitura de Barueri, afinal, a cidade foi a escolhida para sediar a filial da empresa aqui no Brasil. Os gestores da Kavak reuniram-se com o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho de Barueri (Sict), Joaldo Macedo Rodrigues – o Magoo – e sua equipe que, como sempre, garantem as boas-vindas aos novos negócios à cidade.

“É mais uma grande empresa que reconhece o potencial de Barueri para os negócios e escolhe a nossa cidade para se instalar. Temos localização, somos um polo empresarial diversificado de referência para todo o Brasil e o município ainda oferece as condições mais favoráveis possíveis para quem chega, é o melhor dos mundos”, destaca o secretário.

Magoo comemora porque, além da chegada de uma nova e grande empresa à cidade, os altos valores desse investimento serão destinados, segundo o presidente da Kavak Brasil, Roger Laughlin, à inauguração de um mega centro automotivo também em Barueri, à contratação de mão-de-obra – eles querem chegar a mil funcionários até dezembro deste ano – e à montagem de um estoque inicial chegando a 100 mil veículos até 2022. Com tudo isso, a recém-chegada irá fortalecer bastante a economia local em termos de diversificação de negócios, fortalecimento da concorrência e de geração de empregos. 

A Kavak já tem um showroom no Shopping Iguatemi de Alphaville e também no Shopping Tamboré, além de outras três unidades na capital paulista e uma em São Bernardo do Campo. A nova e ampliada instalação deve ocupar o antigo galpão da Tok&Stok, localizado na entrada para a Aldeia da Serra, à beira da rodovia Castello Branco.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri