Integrantes do Projeto Renascer visitam exposição sobre Van Gogh

0
33

A história de Vicent Van Gogh foi eternizada em suas telas e nos corações dos bolsistas do projeto Renascer, que na quarta-feira (dia 16 de março) imergiram na obra do artista mais importante de todos os tempos por meio da exposição “Paisagens de Van Gogh”, em cartaz no Shopping Iguatemi, Alphaville.

Conduzido pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Barueri (Sads), em parceria com Fundo Social de Solidariedade, o projeto Renascer tem o objetivo de promover a inserção social de ex-moradores de rua por meio de uma bolsa auxílio e cursos de capacitação, dentre outras ações que resgatam o sentido de viver, como a ida à exposição.

Imersão em Van Gogh
A exposição convida o expectador a “entrar” nas telas do artista ao projetar em ambientes obras como “A Noite Estrelada”, “Lírios”, “Amendoeira em Flor”, dentre outras. Uma verdadeira imersão no universo de Van Gogh.

“Eu, que gosto de pintar, estava muito curioso pra saber mais sobre a vida dele. Achei a arte dele muito linda, eu me senti dentro da tela. Foi uma experiência única”, conta o jovem Nicholas Nunes, de 23 anos, que atua no projeto integrado ao Renascer, o “Horta da Gente”. Segundo disse, Nicholas se sentiu dentro d’água no cenário que reproduziu a obra “A noite Estrelada”.

Amor à natureza
Na exposição, os ambientes são interativos, ou seja, além de reproduzirem as pinturas, sons e cheiros também fazem parte da experiência vangoghiana, na tentativa de levar às mesmas sensações que o pintor vivia quando criava as obras.  E assim também foi para André Luiz Vieira, de 40 anos, se identificando com Van Gogh, que amava a pintar a natureza.

“Eu também sou um amante da natureza. Ouvir os passarinhos cantando, sentir o cheiro das flores e, principalmente, ver os girassóis foi muito lindo”, conta o integrante do Renascer desde 2018.

Lendo a alma
“Foi uma experiência maravilhosa! Eu gosto de arte, e estar aqui vendo isso dá vontade de aprender mais e mais, porque a pintura e as pinceladas são expressão da nossa alma. Aqui eu enxerguei a alma de Van Gogh”, relatou Nalu Albuquerque de Brito, de 60 anos, que integra o projeto há um ano e participa das oficinas de costura.

“Nunca recebemos um grupo tão interessado. Estavam tão curiosos, levantando perguntas técnicas sobre a arte e o artista. Isso nos deixou muito emocionados, houve uma verdadeira entrega e é esse o objetivo da exposição”, declarou Felipe Cassiano, um dos condutores da visitação.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri