Comédia libanesa Caramelo é o longa do Bate-papo de Cinema do Pontos MIS desta semana

0
69

Os cinéfilos já podem marcar na agenda a próxima edição do Bate-papo de Cinema Pontos MIS, que acontecerá neste sábado (dia 10), às 18h, com transmissão ao vivo pelo canal do Youtube. A parceria entre a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri e o Museu da Imagem e do Som proporcionará a exibição da comédia libanesa “Caramelo”, que estará disponível a partir de quinta-feira (dia 08).  Clique aqui para fazer sua inscrição.  

O Bate-papo de Cinema Pontos MIS realiza, aos sábados, exibições de filmes seguidos de debates ao vivo no YouTube do Museu, buscando trazer membros da equipe dos filmes, pesquisadores da área, críticos de cinema, jornalistas e agentes cineclubistas para discutir sobre a obra e apresentar curiosidades da produção. 

Neste mês de julho, em parceria com o serviço de streaming Belas Artes À La Carte, o MIS apresenta uma mostra de filmes que percorre o mundo, transitando por vários continentes. Na segunda edição, você pode assistir gratuitamente à comédia libanesa “Caramelo” (dir. Nadine Labaki, Líbano e França, 2007, 14 anos), que ganha debate com Mona Perlingeiro (cientista social e estudiosa da cultura do Oriente Médio), mediada por Giuliana Monteiro (roteirista e diretora). 

Sobre o filme “Caramelo” 
(dir. Nadine Labaki, Líbano e França, 2007, classificação 14 anos) 
Um salão de beleza em Beirute é o paraíso para cinco mulheres nesta comédia libanesa. A dona do salão, Layale, consulta suas funcionárias sobre um problemático caso de amor; a estilista Rima não sabe como lidar com a sua atração por uma cliente e a costureira Rose abandona suas próprias ambições para cuidar de sua família. Com o apoio de seus amigos no salão, as mulheres buscam respostas para questões da vida, de amor e de felicidade. 

Mona Perlingeiro
É consultora em migrações e educadora, graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo. Pesquisadora voluntária do Observatório das Migrações em São Paulo (NEPO-Unicamp) e do ProMigra (USP).

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri