Agentes de segurança e de trânsito participam de seminário sobre apoio psicossocial

0
44

Antes de ser agente de segurança ou agente de trânsito, intermediando conflitos ou zelando pela proteção dos munícipes, os servidores das Secretarias de Segurança Urbana e Defesa Social (SSUDS) e de Mobilidade Urbana (Semurb) são seres humanos que também necessitam de apoio. O 1° Seminário de Valorização à Vida organizado pelas duas secretarias da Prefeitura de Barueri, que aconteceu nos dias 22 e 23 de março, foi o primeiro passo para que esse tema seja tratado de forma institucionalizada entre os funcionários.

“Queremos mostrar que a preocupação da Administração é com o ser humano e com isso abrir caminho para que o servidor tenha meios de solicitar ajuda ou apoio quando for necessário”, afirmou o secretário-adjunto da Semurb, Carlos Eduardo dos Reis Leal.

Leal se refere ao amparo do Poder Público que os agentes precisam ter, sobretudo para aqueles que estão permanentemente sob condições estressantes, lidando com conflitos ou em situações de violência.

É por essa razão que será criado o “Departamento Pró-Vida”, dedicado exclusivamente ao atendimento desses servidores, com psicólogos, assistentes sociais e demais especialistas de áreas psicossociais.

A ideia é que esse departamento funcione separadamente do ambiente físico dessas Secretarias, adianta Leal, justamente para evitar qualquer tipo de inibição do funcionário que queira pedir ajuda.

A Prefeitura de Barueri já mantém um serviço de apoio psicológico aos agentes, mas há a necessidade de ampliá-lo e torná-lo parte integrante oficialmente da estrutura das equipes de Segurança e de Mobilidade Urbana, completa o secretário-adjunto.

Valorização à vida
O seminário de Valorização da Vida, no Centro de Eventos, tratou de dois temas fundamentais para os servidores: a importância de um plano de trabalho para a vida e a prevenção ao suicídio. Os convidados especialistas que falaram diretamente aos agentes foram o pastor José Luiz da Silva, capelão militar da PM, e o Tenente-Coronel da PM Hugo Araújo Santos, especialista em Comportamento Suicida pela Unicamp (Universidade de Campinas).

O objetivo geral do seminário foi “despertar nos funcionários os cuidados em adotar com respeito a saúde física e mental, para a melhoria da qualidade de vida e potencialização das relações pessoais mais assertivas, resultando em boas práticas nos serviços prestados aos cidadãos”.

A agente de Trânsito Joyce Fazolin Matos, há 8,5 anos na Prefeitura, aprovou a iniciativa e ressaltou a importância de a Administração fazer um programa continuado de apoio aos servidores. “Isso é muito importante porque no final reflete diretamente no bom atendimento ao munícipe”, disse.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri