Serviço de Atendimento Domiciliar de Barueri se torna referência nacional

0
39

O trabalho desenvolvido pela equipe do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) ligado à Coordenadoria de Atenção Básica (Cabs), da Secretaria da Saúde de Barueri, foi reconhecido como modelo nacional no 1º Congresso Brasileiro de Serviço Social em Cuidados Paliativos. O evento foi realizado nos dias 3 e 4 de dezembro.

O reconhecimento veio a partir do projeto “Síndrome de Goldenhar: a importância da atuação multidisciplinar na assistência domiciliar – um relato de caso”, apresentado no 18º Congresso Brasileiro de Assistência Domiciliar, em 2019. Ele foi um dos trabalhos eleitos para ser utilizado como referência e inspirar outras cidades do Brasil.

Relato de caso
O trabalho destacado relata o caso de uma criança com síndrome de Goldenhar (desordem rara que pode causar más formações na face, coluna e membros), que foi acompanhada pela equipe do SAD no período de março de 2017 a setembro de 2019.

De acordo com o artigo escrito do projeto, “durante esse período, o paciente evoluiu com: melhora da sociabilidade, ganho de marcha independente, ‘desmame’ do uso de VMNI (ventilação mecânica no tratamento respiratório) e oxigenoterapia”. Além de, continua o artigo, ressaltar a importância do vínculo criado entre a família, os cuidadores e a equipe do SAD, fator decisivo para a evolução da paciente.

Motivo de orgulho
Para a diretora Técnica do Serviço de Atendimento Domiciliar, Vânia Aparecida Cabeça, o reconhecimento da atuação dos profissionais é motivo de orgulho.

“A publicação do artigo elaborado pelo SAD só reforça a qualidade e prestatividade dos atendimentos nos momentos mais delicados desses pacientes, dos cuidadores e de seus familiares. Entendemos que a equipe quando adentra o domicílio, leva conforto, cuidado e segurança ao atendido. Em contrapartida desse processo, está o vínculo criado entre o profissional e o paciente. São vidas cuidando de vidas”, destaca Vânia.

Sobre o SAD
O SAD atua no atendimento domiciliar de pacientes acamados, que precisam de assistência especializada de maior complexidade. Atualmente Barueri possui sete equipes dedicadas a realizar esse serviço, sendo compostas por enfermeiros, assistente social, dentista, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico, nutricionista, pediatra, psicólogo e técnico de enfermagem.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri