Salas do AEE garantem avanços na educação inclusiva dos alunos de Barueri

0
69

O Departamento Educacional Especializado (DEE) atende cerca de 900 alunos em toda a rede de ensino de Barueri.

No caminho da inclusão, a Secretaria de Educação dispõe do programa Atendimento Educacional Especializado (AEE), que auxilia na aprendizagem dos alunos com algum tipo de deficiência.

Esses alunos participam de aulas também no contraturno escolar, em espaços dinâmicos especialmente equipados, onde podem ampliar o conhecimento e melhorar habilidades dentro de cada modalidade na deficiência, seja ela auditiva, visual, intelectual ou múltipla.

Todos os 34 polos de atendimento possuem recursos de tecnologia, mobiliários com acessibilidade, materiais pedagógicos e jogos adaptados, livros em braile ou que emitem sons que contribuem não somente com o desenvolvimento intelectual, mas também com a socialização.

Os profissionais envolvidos no programa são especializados no assunto e, com frequência, passam por reciclagens por intermédio de cursos específicos.

Os alunos que participam do programa já fazem parte da rede municipal de ensino e contam com uma equipe multiprofissional que traça um diagnóstico que os encaminham para a sala de recurso multifuncional.

A responsável pelo departamento, Deborah Leite, explicou que “em tempos de pandemia, o DEE tem dado suporte a este público por meio de seus professores que, além de especialistas, são protagonistas de uma história de trabalho colaborativo, dedicação e criatividade”.

A Emef Agenor Lino de Matos, da Vila Universal, é um dos exemplos de sucesso da sala do AEE. De acordo com a professora Irene Vicente de Arruda, “é incrível poder acompanhar a evolução de cada estudante. Eles vão se desenvolvendo de acordo com as possibilidades de cada um”, explicou.

Sobre o AEE
Nenhuma criança ou jovem com deficiência deve estar fora da escola. Já matriculado, o estudante precisa se desenvolver em sala de aula e saber que, se necessário, pode contar com o AEE, que é um serviço de apoio à sala de aula comum.

O AEE foi criado para atender o público-alvo da educação inclusiva, que são as crianças com deficiências, transtorno do espectro autista, altas habilidades e superdotação. Ele é um serviço de apoio à sala de aula comum, para que se ofereça meios e modos que efetivem o real aprendizado dos estudantes.

O professor do AEE trabalha em parceria com o educador de sala de aula comum, e quando esse profissional acha necessário, complementa o trabalho com os demais alunos.

O AEE ocorre em períodos específicos por semana, no contraturno. Em outros momentos, os profissionais que atuam com esses alunos realizam um diálogo constante com os demais professores.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri