Roda de Leitores apresenta “Pluft, O Fantasminha”, obra de Maria Clara Machado

0
44

Os amantes da literatura têm um compromisso no próximo dia 29 de abril, às 19h: a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri realizará mais uma edição do programa Roda de Leitores. Em comemoração ao mês da Literatura Infantil, será analisada a obra “Pluft, o Fantasminha”, da autora Maria Clara Machado, que é a homenageada do ano pela Secretaria de Cultura.

A palestrante convidada, Dayse Oliveira Barbosa, é doutoranda e mestra em Letras pela Universidade de São Paulo (USP) e integrante do grupo de Pesquisa e Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens na USP. Dayse também é autora do livro “Grimm e Majidi: Figurações da Cumplicidade na Infância em João e Maria e Filhos do Paraíso”.

O Roda de Leitores é um evento literário organizado pela Secretaria de Cultura e Turismo que abre oportunidades para as pessoas conhecerem e trocarem informações sobre as grandes obras da literatura nacional e mundial.

O circuito literário acontece uma vez por mês em uma das bibliotecas municipais, sempre com a apresentação, seguida de debate, de um livro diferente. Por conta da pandemia o evento será transmitido on-line por meio do canal do Youtube e Facebook Cultura Barueri Oficial.

“A literatura é muito importante para todos nós, principalmente quando inserida desde cedo na vida de uma pessoa. Por meio da literatura podemos ter acesso e conhecer novos mundos. Portanto, o Roda de Leitores é mais um incentivo não só para as crianças como para os adultos. O circuito literário é uma troca de conhecimento, estamos sempre aprendendo. Este programa não é somente para quem já conhece a obra apresentada, mas para despertar a vontade de conhecer e ler o livro”, ressalta Jean Gaspar, secretário de Cultura e Turismo.

Sobre a obra
Pluft mora com a mãe e o tio no sótão de uma casa em uma ilha. Nunca viu gente, até que vê uma pessoa e fica cheio de medo! Acontece que a jovem Maribel é sequestrada pelo perverso pirata Perna de Pau, que quer roubar o tesouro do Capitão Bonança Arco-Íris, finado tio da menina. E onde ela fica presa? Pois é, na casa de Pluft. A partir desse encontro os dois vencem o medo, criando laços poderosos de amizade. Toda essa aventura, ao mesmo tempo divertida e emocionante, nos mostra que, quando temos amigos, conseguimos tudo (até nos livrar de um pirata malvado).

Escrita em 1955 por Maria Clara Machado, Pluft, o Fantasminha se transformou na peça mais importante do teatro infantil brasileiro. Maria Clara Machado foi fundadora do Tablado, a mítica companhia de teatro.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri