Projeto ReNascer recupera vidas em Barueri

0
112

Em maio de 2018 surgiu o ReNascer, cujo objetivo é oferecer oportunidades de cursos e emprego a pessoas que já estiveram em situação de rua e hoje estão abrigadas na Cáritas – Casa São Francisco de Assis. Idealizado pelo Fundo Social de Solidariedade e Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, o projeto conta com as parcerias das secretarias de Recursos Naturais e Meio Ambiente e de Serviços Municipais.

Os bolsistas da primeira turma fizeram cursos de jardinagem e pet shop. A segunda turma começou em fevereiro deste ano com 26 pessoas e participou de aulas de manutenção e pequenos reparos e portaria/recepção. Instituído por lei, além dos cursos, o ReNascer oferece trabalho, bolsa auxílio, vale-transporte e alimentação. 

Uma  nova lei, aprovada em maio de 2019, possibilitou aos bolsistas que cumpriram os pré-requisitos do programa aumentar a carga horário de trabalho de 4 para 6 horas, com repasse proporcional do valor da bolsa.

Eles mudaram de vida

Laurindo Miranda, integrante da primeira turma do programa, dedicou-se muito. Seus maiores sonhos estão relacionados ao aprendizado. “Depois de 50 anos sem pisar numa escola, fiz a prova do ENCCEJA do Ensino Fundamental e já peguei o certificado. Em agosto, fiz outro teste para o Ensino Médio e aguardo o resultado.

Em setembro, Miranda mudou-se para uma casa alugada e pretende morar com uma companheira. “Tudo isso eu devo a esse projeto maravilhoso. Agarrei. Estou firme. Comecei a trabalhar como auxiliar de veterinário e, neste ano, fiz curso de portaria e recepção.” 

Aos 65 anos, ele declara que foi no ReNascer que tudo começou. “Me deu a esperança de um novo recomeço de vida. Minha perspectiva é continuar os estudos. Pretendo este ano fazer um curso de panificação, um ramo que gosto muito, pois comecei a trabalhar numa padaria. Minha expectativa é crescer ainda mais e chegar aos 95% do objetivo que eu quero, que é uma transformação de vida, de caráter. Eu não tinha mais esperança, sabia que o ReNascer era minha última chance. Não quero me separar desse projeto. Para quem estava na rua hoje tem sua casa, um teto, posso dizer verdadeiramente que sou um morador de Barueri e um contribuinte.

Osvaldo Conceição de Jesus recuperou sua família. Ele morou um ano na Cáritas e quando surgiu a oportunidade do ReNascer, fez o curso de jardinagem e recentemente o de pequenos reparos. Hoje, aos 65 anos, já deu entrada em sua aposentadoria, mas diz que sustenta sua filha com o salário do programa.

Saí da Cáritas e aluguei um cômodo. Depois de um mês, o Conselho Tutelar de Osasco pediu que minha filha de 15 anos viesse morar comigo. Aluguei uma casa maior e estou com ela.” Osvaldo é só gratidão ao ReNascer. “Nunca canso de agradecer por este lindo programa que mudou minha vida. Hoje trabalho com muito orgulho no Centro Comunitário Jaraguá-Mirim e faço questão de ajudar em tudo.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui