Ouvidoria de Barueri é exemplo para cidade baiana de Eunápolis

0
140

Conhecer a Ouvidoria Geral de Barueri e implantar em Eunápolis (BA) o modelo de trabalho desenvolvido na cidade foi o objetivo principal de uma visita realizada pelo ouvidor do município baiano, João Felipe Morais, na quarta-feira, dia 20.

A cidade de Eunápolis tem apenas 33 anos de emancipação político-administrativa, possui cerca de 120 mil pessoas e pertencia a Santa Cruz de Cabrália, localizada na Costa do Descobrimento do Brasil, e a Porto Seguro. “É um munícipio novo, mas é bem habitado e que esteve no Guiness Book como o maior povoado do mundo”, explicou o ouvidor.

João Felipe foi recebido pelo ouvidor de Barueri, Alexandre Luiz dos Santos, pelo coordenador Welington Antônio da Silva (Tony), e pelo secretário de Relações Institucionais (SRI), Mário Trimboli Jr., o Marinho, chefe da pasta à qual a Ouvidoria Geral do Município está ligada. O Eunapolitano visitou ainda o prefeito Rubens Furlan, político que o ouvidor admira muito como gestor público.

“O Felipe veio conhecer como trabalhamos com as nossas secretarias, como a gente trabalha com as demandas para que tenhamos o melhor índice de respostas aos nossos cidadãos. Barueri não é só exemplo para o Estado, mas para todo o Brasil”, destacou o secretário de Relações Institucionais. “Para mim é orgulho saber que faço parte de um governo inteligente e participativo. Fico feliz porque estamos fazendo uma gestão que é diferenciada, que foca na qualidade de vida das pessoas da nossa cidade”, completou Marinho, reforçando também que a Ouvidoria não parou durante a pandemia, esteve sempre ativa, trabalhando, procurando ajudar a população da melhor forma possível.

O ouvidor de Eunápolis reforçou que veio para ver como os profissionais de Barueri trabalham; como funciona cada setor, qual o encaminhamento dado para as demandas que chegam à Ouvidoria. “A gente está aqui somente para entender e levar para o nosso município a melhor forma de implantar esse modelo em Eunápolis”, esclareceu.

Felipe informou que a Ouvidoria Geral de Eunápolis existe desde 2016, mas que só passou a funcionar neste ano. E que ganhou força em razão da gestão humanizada – slogan de campanha da prefeita Cordélia Torres. “A Ouvidoria faz parte deste conceito, porque a prefeita quer dar voz à população. E quando falamos com ela sobre a possibilidade de vir até Barueri, para conhecer o trabalho de vocês, que temos como exemplo lá na nossa cidade, a Cordélia nos apoiou e não pensou duas vezes”, explicou.

O ouvidor retorna à Bahia bastante motivado. “Eu já avisei a minha equipe: pode se preparar que vou chegar cheio de coisas, vai ter mais trabalho. A minha expectativa é abrir um leque para a população, para que mais opções cheguem até eles (os moradores). A intenção é realizar um trabalho de maior qualidade, melhor do que já está sendo apresentado”, concluiu Felipe.

Ouvidoria Geral de Barueri
Foi criada pela Lei Complementar nº. 126, de 28 de abril de 2003. É um canal de comunicação por meio do qual a população se manifesta e a Prefeitura responde, informa e educa, caracterizando-se pela agilidade, imparcialidade e transparência. Mensalmente, realiza em média três mil atendimentos.

Por meio da Ouvidoria Geral do Município de Barueri, o cidadão pode elogiar, sugerir, solicitar informações, reclamar, criticar ou denunciar os serviços prestados pelas unidades da Administração Municipal ou pessoas jurídicas paraestatais mantidos parcial ou totalmente com recursos públicos municipais.

Serviço
A Ouvidoria Geral de Barueri está instalada na Secretaria Relações Institucionais (SRI), na rua Guilhermina Carril Loureiro, 60, no Centro, ao lado da Prefeitura. Contato pelos telefones: 0800 770 0123 e (11) 4198 7522 ou pelo e-mail: ouvidoria@barueri.sp.gov.br. Há também o APP Alô Barueri, um canal direto com a Ouvidoria que pode ser acessado com apenas um clique.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri