No Dia de Conscientização do Autismo, Barueri atua pela inclusão

0
32

Este 2 de abril é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A data foi criada com o objetivo de alertar, conscientizar e informar a sociedade sobre o transtorno, que atinge o desenvolvimento do cérebro e as maneiras de lidar com a questão.

E como agir diante daqueles que possuem o transtorno do espectro do autismo (TEA)? A Prefeitura de Barueri, por meio do Departamento de Empregabilidade da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SDPD), aponta um dos caminhos possíveis, tendo por diretriz a inclusão dessas pessoas.

Programa Incluir
O Programa Incluir oferece apoio técnico feito por uma equipe interdisciplinar que acompanha a pessoa com TEA, sua família e as possíveis empresas contratantes tanto na fase de pré-contratação até a pós-contratação. O objetivo é diminuir as dificuldades no acesso e a permanência da pessoa com TEA no mercado de trabalho. A administração municipal faz o meio de campo entre os potenciais candidatos a um emprego e as empresas dispostas a participar da iniciativa.

É o caso de José Rubens Oliveira de Almeida, de 20 anos, que está em uma empresa de software em Alphaville há seis meses. Ele, estudante de gestão de tecnologia de informática, trabalha com programação em infraestrutura em nuvem. Já é a segunda oportunidade de trabalho que José Rubens consegue pelo Programa Incluir. “Eu já estava trabalhando, mas atualizei meu currículo e então me encaminharam para minha área”, disse, que também elogiou a sua empresa empregadora. “Estou curtindo bastante a experiência, é uma empresa muito boa”, completou.

Primeiro emprego
Também é o caso de Wiron dos Santos Novais, de 19 anos, que conquistou seu primeiro emprego como auxiliar operacional em uma rede atacadista, onde está há um ano e sete meses. Wiron, que mora no Jardim dos Altos, terminou o ensino médio e sonha fazer faculdade de webdesign. “O programa é muito bom, ajudou a mim e muitos outros. Para mim foi importante, inclusive por ter me ajudado a conseguir um emprego bem na época da pandemia, pois estava precisando”, disse Wiron.

Sobre o TEA
Estima-se que cerca de 70 milhões de pessoas no mundo apresentam o transtorno do espectro do autismo. Criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em dezembro de 2007, a data de 2 de abril foi a escolhida para alertar sobre o transtorno, de modo a derrubar preconceitos e conscientizar as pessoas.

É importante ressaltar que o autismo é um transtorno do neurodesenvolvimento, não uma doença, ao contrário do que muitos pensam. Existem vários níveis diferentes de autismo e, inclusive, casos de pessoas que apresentam o transtorno mas sem nenhum tipo de atraso intelectual.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri