HMB, majoritariamente feminino, celebra a importância da mulher na unidade

0
73

Contratação direta conta com mais de 800 mulheres no quadro geral de funcionários

O Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB) aproveita o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, para agradecer, homenagear e demonstrar na prática a relevância feminina na área da saúde, já que a diretoria administrativa e a diretoria de enfermagem são exclusivamente compostas por mulheres, e a diretoria médica também conta com uma diretora de atenção ao paciente. Em relação à contratação geral pela empresa gestora no HMB, há mais de 78% de mulheres, visto que dos 1.071 funcionários, 840 são do sexo feminino. 

A administração do hospital é formada por uma diretora e duas supervisoras, que respondem por setores como compras, contratos, farmácia, faturamento, engenharia clínica,  Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME), contabilidade, ambulatório, hotelaria, nutrição, plantão administrativo e Serviço de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT). E todos esses também são comandados por mulheres, o que representa mais de 60% dos departamentos. 

“Para mim, o principal diferencial da mulher é o ‘feeling’, que é uma percepção sensível, e não só com o coração, mas também a razão. E é com essa característica que ajudo no crescimento da minha equipe de gestores, com desenvolvimento profissional, pessoal e espiritual. A junção desses elementos torna os líderes mais fortes e felizes para cuidar de outras pessoas, pois este é nosso objetivo: fazer com que os nossos pacientes, acompanhantes e colaboradores, em momentos tão difíceis, tenham atendimento adequado e acolhedor”, explica Jocelaine Leoni, diretora administrativa do HMB desde 2018.

Já a enfermagem, responsável pelo acolhimento direto e pela assistência ao paciente, possui uma diretora e duas gerentes. Além disso, 66% da supervisão de enfermagem é feminina e 84% são enfermeiras e técnicas. “É fundamental ter valorização feminina em relação à igualdade para cargos de alta gestão”, pontua Edneia Siqueira, diretora de enfermagem do hospital desde 2020. 

Sobre a parte médica, a unidade também conta com uma diretora de atenção ao paciente, encarregada de fazer a gestão de leitos e prestar auxílio aos familiares dos pacientes internados. “A capacidade de adaptação e flexibilidade em situações e tempos difíceis caracteriza o perfil feminino de uma líder, temos características de observação e procuramos aproveitar os talentos de cada colaborador. Somos sensíveis e dóceis, mas, atuamos com firmeza e determinação quando o momento exige tal postura”, comenta Vânia Zito, médica há 39 anos e diretora de atenção ao paciente no HMB desde 2019. 

Especialmente no cenário de uma pandemia, e com a participação de tantas mulheres, é fundamental destacar a atuação dessas funcionárias para lidar com todos os desdobramentos que a internação de um paciente exige: equipe multidisciplinar, tratamento, assistência, suporte técnico, acolhimento emocional e amparo para as famílias. Todas essas etapas contam com a força e com a sensibilidade feminina para obter êxito e excelência no desempenho da unidade. 

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri