Filme argentino “Querida, vou comprar cigarros e já volto” é tema do Bate-papo de Cinema deste sábado

0
22

O Bate-papo de Cinema Pontos MIS deste sábado, dia 18/09, às 18h, será em torno do filme argentino “Querida, vou comprar Cigarros e já volto”, com mediação da roteirista Giuliana Monteiro. O filme estará disponível a partir desta quinta-feira, dia 16, às 11h, e permanecerá até o dia 18, quando acontecerá o bate-papo ao vivo no canal do MIS no YouTube. É necessário fazer inscrição neste link.

O evento é uma parceria entre a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri e o MIS (Museu da Imagem e do Som). O Bate-papo Pontos MIS acontece sempre aos sábados com exibições de filmes seguidos de debates. Participam membros da equipe dos filmes, pesquisadores da área, críticos de cinema, jornalistas e agentes cineclubistas para discutir sobre a obra e apresentar curiosidades da produção.

O filme “Querida, vou comprar Cigarros e já volto”, dos diretores Mariano Cohn e Gastón Duprat, se passa em diferentes épocas e países. Narra a história de um homem comum que após fazer um trato com um estranho personagem com superpoderes tem a possibilidade de voltar ao seu próprio passado e reviver a juventude. Ernesto, o protagonista, tentará recuperar oportunidades perdidas e refrear certos comportamentos para mudar seu presente cinza e insípido.

Apesar de ter a vantagem de conhecer todas as informações necessárias sobre o futuro, a experiência lhe mostrará que essa personalidade plana e seu ressentimento podem ir além desses benefícios e que não há desculpa possível para superar sua mediocridade infinita.

A sessão conta também com a parceria do Belas Artes à La Carte. O público que assistir ao filme receberá, após a sessão, um cupom para acesso por um mês gratuito na plataforma Belas Artes à La Carte.

Giuliana Monteiro
A mediadora do Bate-papo deste sábado é roteirista e diretora, mestre em produção de filmes pela faculdade de Nova York Tisch School of the Arts, onde dirigiu e roteirizou diferentes projetos audiovisuais. Atualmente, trabalha em dois filmes, o seu primeiro longa-metragem ficcional, “Estrada para Livramento”, que tem o apoio do fundo Spike Lee para desenvolvimento e da fundação San Francisco Film Society, e na finalização do longa-metragem documental “Bento”.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri