Filme argentino O Homem ao Lado é a atração do bate-papo Pontos MIS deste sábado

0
22

O filme argentino O Homem ao Lado é o tema do Bate-papo de Cinema Pontos MIS do próximo sábado, dia 11, às 18h. O evento faz parte de uma série de encontros do MIS (Museu da Imagem e do Som) em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri. O filme estará disponível para assistir a partir de quinta-feira, dia 9, juntamente com a inscrição para o evento neste link

O bate-papo Pontos MIS é realizado aos sábados com exibições de filmes seguidos de debates ao vivo. Busca trazer pesquisadores da área, críticos de cinema, jornalistas e agentes cineclubistas para discutir sobre a obra e apresentar curiosidades da produção. Neste sábado vai ter a participação do cineasta e pesquisador Bruno Cucio e da diretora e roteirista Giuliana Monteiro, na mediação. 

O filme, que acontece em parceria com o serviço de streaming Belas Artes à La Carte, O homem ao Lado (direção Mariano Cohn e Gastón Duprat, Argentina, 2009, 110 min, classificação 14 anos) narra um pequeno incidente na parede comum de dois vizinhos, desencadeando um sério conflito. 

O público que assistir ao filme receberá, após a sessão, um cupom para acesso por um mês gratuito na plataforma Belas Artes à La Carte.   

Sobre os debatedores 

Giuliana Monteiro é roteirista e diretora nascida em São Paulo, mestre em produção de filmes pela faculdade de Nova York Tisch School of the Arts, onde dirigiu e roteirizou diferentes projetos audiovisuais. Atualmente, trabalha em dois filmes, o seu primeiro longa-metragem ficcional, “Estrada para Livramento”, que tem o apoio do fundo Spike Lee para desenvolvimento e da fundação San Francisco Film Society, e também na finalização do longa-metragem documental “Bento”. 

Bruno Cucio é mestrando no departamento de artes da Unesp e sócio da Travessia Filmes. Desde 2009 atua em projetos audiovisuais voltados à produção artística e à formação de público. Foi produtor executivo do longa-metragem “Para’í”, exibido em diversos festivais nacionais e internacionais. É também professor e coordenador pedagógico do INC – Instituto de Cinema de São Paulo.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri