Encontros remotos servem para crianças expressarem como estão se sentindo

0
87

As crianças da 1ª fase da Emei Rogério Lopes Recarey seguem com atividades remotas muito dinâmicas.

Além das aulas regulares, como língua portuguesa, matemática e outras, elas também participam de importantes encontros semanais para estreitarem as relações com os colegas de sala e com os professores.

Os alunos da professora Ednacir Matiusso, por exemplo, uma vez por semana participam de atividades especiais, oportunidade em que priorizam o diálogo, a empatia e a expressão sobre os seus sentimentos.

Nesses tempos de pandemia, além das atividades de aprendizagem, momentos de convivência, comunicação e espaço de diálogo são muito importantes para o desenvolvimento das crianças.

De acordo com Maurylaine Almeida, mãe da aluna Amora Almeida, de 4 aninhos, a filha não perde nenhum encontro. “Ela adora conversar e rever os amiguinhos e a professora, mesmo que de forma remota”, diz.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri