Conheça as primeiras imunizadas de Barueri contra a Covid-19

0
51

Conheça as cinco profissionais de saúde que atuam diretamente na assistência aos pacientes vítimas do Coronavírus na rede municipal de Barueri escolhidas para tomar as primeiras doses da vacina.  

Ana Cláudia Bezerra, 49 anos 
Técnica de enfermagem há 12 anos, atua no Centro de Diagnósticos de Barueri desde sua inauguração e há 10 anos no Hospital Municipal de Barueri. Está na linha de frente contra a Covid desde o início da pandemia e viu muitas situações tristes nesse período, mas diz que a “ficha caiu” de fato há uma semana, quando perdeu o cunhado para a doença.  

Deise Aparecida Damaceno, 48 anos 
Técnica de enfermagem há 16 anos, atua na Saúde de Barueri há 10 no Pronto-Socorro Infantil. Foi transferida para o Pronto Atendimento do Jardim Paulista há pouco mais de um ano, quando foi inaugurado. Está na linha de frente no socorro aos pacientes vítimas da pandemia desde o início, quando o PA foi transformado em hospital de retaguarda da Covid-19. Conta que nesses anos de profissão nunca se deparou com algo parecido com o que o Coronavírus trouxe à sua rotina de trabalho.  

Mitie Tada Brasil, 72 anos 
Médica sanitarista efetiva da rede municipal de saúde de Barueri desde 2001. Já atuou em diversos órgãos da Saúde municipal, como a Vigilância Epidemiológica, a Atenção Básica, a Diretoria de Infecção Hospitalar, dentre outros. Há três anos compõe a assessoria de gabinete da Secretaria de Saúde e está batalhando, juntamente à sua equipe, para garantir a vacinação de todo o município.  

Bruna da Costa e Silva, 33 anos 
Médica intensivista formada desde 2015, está há um ano na UTI respiratória do Hospital Municipal de Barueri, integrando a linha de frente no combate à Covid-19 desde o início da pandemia. Chegou a contrair o vírus e precisou ficar internada por cinco dias, dois dos quais na UTI. Após as três semanas de afastamento, voltou imediatamente ao trabalho para salvar todas as vidas que pode. De família antiga na cidade, é nascida e criada em Barueri. Diz sentir-se honrada em ser umas das primeiras vacinadas e a compor a equipe médica do município nessa luta. 

Simone Macedo de Carvalho, 49 anos 
Técnica de enfermagem formada desde 2010, atua na UTI respiratória do Hospital Municipal de Barueri desde o início da pandemia. Antes de ir para o HMB, porém, trabalhou no Pronto-Socorro do Jardim Silveira. Sentiu-se lisonjeada por ser escolhida para as primeiras doses, considerando isso um privilégio. Para ela, é preciso estar bem para continuar firme na batalha diária de salvar vidas.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri