CNN Brasil destaca organização de polo de vacinação em Barueri

0
55

Barueri saiu na frente ao antecipar no sábado, dia 13, e domingo, 14, a nova etapa de vacinação contra a Covid-19, desta vez visando imunizar idosos de 74 anos. Foram aplicadas doses da CoronaVac, que é desenvolvida pela companhia chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan.

A iniciativa foi destacada ao vivo pela CNN Brasil no sábado, em programa apresentado por Evandro Cini e Luciana Barreto. Durante a cobertura, o repórter Tiago Américo mostrou que a movimentação estava tranquila no polo do Centro de Eventos, um dos seis polos de vacinação de Barueri; informou como era feita a triagem desde o cadastramento, passando pela recepção, até a pessoa chegar à sala e receber no braço a primeira dose da vacina.

O jornalista informou que os polos dispõem de várias salas e que Barueri tem também o sistema Drive-thru, no qual o idoso é vacinado dentro do carro. Como exemplo, no plantão do final de semana, Tiago Américo conversou com uma senhora que estava na expectativa e ficou feliz por ser vacinada.

A CNN Brasil elogiou ainda o trabalho da Saúde, ressaltando o que a equipe faz pelo bem-estar dos idosos. Disse o jornalista Evandro ao colega que estava em Barueri: “Eu e a Luciana vimos que a profissional usava uma toca da Mulher Maravilha. Muito interessante perceber isso. O nosso abraço bem forte a todos os profissionais da saúde, que são mulheres maravilhas e homens super-heróis. Muito legal o pessoal chegar e ver essa imagem de felicidade, de prazer em poder levar a vacina a essas pessoas. Parabéns e força a todos”.

A profissional de saúde mencionada por Evandro Cini era Renata. Na sequência, ela foi entrevistada pelo repórter Tiago Américo. “É uma Mulher Maravilha”, disse Tiago apontando também para o carimbo e o crachá caracterizados pelo símbolo da personagem.

Satisfeita pelo reconhecimento, Renata ressaltou que a equipe realiza um trabalho de super-heróis. “É gratificante, não tem preço. O momento é único, só quem está vivendo é que sente. É muito emocionante. Aqui você dá esperança de vida. Vi senhoras chorando, com o sentimento de viverem um pouco mais”, relatou.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri