Baixas temperaturas aumentam solidariedade

0
60

De quarta a domingo, quando as temperaturas despencaram, a secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads) e o Fundo Social de Solidariedade novamente acolheram pessoas em situação de rua na sede da Sads.

Nesse período, uma média de 27 pessoas foram recebidas na sede da Secretaria como se estivessem em suas casas. Elas tiveram alimentação, acolhida, tomaram banho, dormiram e tomaram café da manhã.

Quem recusou essa oferta foi atendido na rua com cobertores e roupas quentinhas, produzidas pelo Núcleo de Moda.

Para a secretária da Sads, Adriana Bueno Molina, há uma grande preocupação deste governo com as pessoas em situação de rua e o amplo trabalho que vem sendo realizado em várias frentes já apresenta resultados positivos: “apesar do frio extremo, aqui em Barueri acolhemos todos da melhor forma e, sempre que for necessário, estamos prontos para continuar com essa ação, como já fizemos em outras ocasiões”.

CÁRITAS E CASA DE PASSAGEM
A Cidade mantém dois locais para a população em situação de rua, ambos com gestão da Sads. A Associação Cáritas é um  Serviço de Acolhimento Institucional que funciona sete dias por semana, 24 horas por dia.

Há vagas para 130 pessoas por dia, sendo 80 no abrigamento (“moram” lá) e 50 no sistema de pernoite (apenas vão alimentar-se e dormir). Nesse período de frio intenso, a Cáritas recebeu cerca de 130 pessoas, uma média de 20 a mais do que está acostumada a receber. Já na Casa de Passagem, a média foi de 29 pessoas por noite.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri