Arena Barueri entra em processo de terceirização

0
61

Objetivando a desoneração de custos do erário público municipal, foi iniciado o processo licitatório para a terceirização do Estádio Orlando Baptista Novelli, a Arena Barueri. As condições estão na Portaria nº 03, de 22 de outubro de 2021, publicada no Jornal Oficial de Barueri de 27 de outubro de 2021, página 6.

O secretário de Esportes de Barueri, Tom Moisés, justifica esse importante passo para a municipalidade. “É um grande passo para uma gestão mais eficiente, moderna e com maior economicidade dos recursos públicos. Isso significa mais desenvolvimento, mais investimentos e mais conteúdos de qualidade para a Arena Barueri, com menos gasto público. Muito obrigado a todos os envolvidos. É um grande avanço”, agradece o gestor, já que o trabalho está ocorrendo em conjunto com outras Secretarias municipais.

Para Tom, a terceirização vai possibilitar que a Arena conquiste ainda mais melhorias e atraia eventos de porte internacional à cidade. “Atualmente, a Arena Barueri é muito utilizada com jogos de diversos campeonatos, mídia, transmissão pelas TVs e notoriedade para a cidade, com a vinda de muitas pessoas, gerando o aquecimento do comércio local, além de servir como polo de aulas e atividades esportivas, Centro de Fisioterapia de excelência, polo de vacinação contra a Covid-19, Centro de atendimento Pós-Covid, dentre outros serviços. Mas queremos mais, como um gramado sintético profissional e de alta tecnologia, shows internacionais e grandes eventos”, almeja o secretário.

Transparência e seriedade
Foi instituída uma comissão de avaliação do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para acompanhar a publicação e os prazos, as visitas técnicas ao Estádio, esclarecer dúvidas dos interessados e analisar os projetos recebidos.

O PMI, vinculado à Secretaria de Esportes, será composto por dois representantes da própria Secretaria (Antônio José Geraldes Joaquim e Fábio Athanásio Ivanov); dois da Secretaria de Obras (Fabiana de Azevedo Hashimoto e Rosana Cardoso Rocha Zanetti) e dois da Secretaria de Finanças (Cristiane de Chiatto Tijon e Raul Costa).

Ficará a cargo do PMI a determinação de data, local e duração de reuniões previamente agendadas e ela poderá solicitar assessoria técnica de outros especialistas para subsidiar os trabalhos.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri