UBS Hélio Berzarghi realiza busca ativa de pacientes neste Novembro Azul

0
12

Em prol do Novembro Azul, mês de conscientização da saúde do homem e da prevenção ao câncer de próstata, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) mobilizaram diversas ações para incentivar homens a iniciarem o cuidado com a saúde. Esta é uma forma de diagnosticar precocemente doenças e tratá-las em tempo hábil. Na UBS Hélio Berzerghi, que fica no Jardim Paulista, por exemplo, os profissionais de saúde realizarão até o fim do mês a busca ativa desses pacientes.

“Através do acolhimento, uma iniciativa da Atenção Básica, tentamos aproximar esse paciente para ouvir a demanda das suas necessidades e ofertar o que temos nas UBS, como encaminhamento de exames e atendimento clínico dentro de cada prioridade”, conta o enfermeiro José Nilson Rodrigues.

À postos na sala de espera da unidade, a equipe de enfermagem organizou uma dinâmica para os pacientes na qual ocorreu um “quiz” de perguntas e respostas sobre a saúde do homem. Os pacientes interagiram e tiraram dúvidas sobre o tema.

Confira abaixo mitos e verdades sobre as doenças que acometem o público masculino:

A única doença da próstata é o câncer
Mito. A próstata é uma glândula localizada entre o pênis e a bexiga urinária e está sujeita a outros tipos de doenças, como infecções que podem provocar a hiperplasia – o crescimento benigno da próstata –, sendo um dos sintomas a dificuldade de urinar.

Homens em idade reprodutiva podem ter câncer de testículos
Verdade. Apesar de ser raro, o câncer de testículo acomete principalmente homens com idade entre 20 e 40 anos.

O câncer de próstata é hereditário
Verdade. Quem tiver casos de câncer de próstata na família (parentes de primeiro grau) precisa iniciar o acompanhamento de rotina mais cedo, a partir dos 40 anos de idade.

Disfunção erétil é um problema comum
Verdade. Afeta principalmente metade dos homens com mais de 40 anos de idade. Os motivos podem estar relacionados a problemas metabólicos, neurológicos, hormonais e psicológicos.

Um dos principais fatores de risco de câncer é o sedentarismo
Verdade. Fazer atividades físicas diariamente, manter uma alimentação saudável e evitar o consumo de álcool e o tabagismo diminuem os riscos de qualquer tipo de câncer, inclusive o de próstata.

Nem sempre o exame que mede o PSA identifica o câncer de próstata
Verdade. Este exame, mesmo alterado, pode identificar outros tipos de patologias ligadas a próstata e reforça a importância de associar o exame de PSA com o de toque.

Exame de toque dói
Mito. O exame de toque é feito pelo urologista para identificar alteração na próstata, é indolor e dura cerca de 10 segundos.

Para além do câncer de próstata, as UBSs fazem o acolhimento por meio da oferta de outros tipos de exames, como o teste rápido para HIV e sífilis.

“É preciso olhar para saúde do homem no todo. Houve um aumento nos índices de doenças sexualmente transmissíveis como sífilis e HIV. Identificamos que o homem não tem esse hábito de se testar. A gente recebe as mulheres que vêm na unidade que testam positivo, e com isso a gente traz o parceiro para unidade, também, para fazer o teste rápido. Mas a ideia é que os homens tomem essa inciativa”, reforça a enfermeira Danielle Reis.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri