Semana do Empreendedorismo da Mulher é concluída no Centro de Eventos

0
32

Terminou na última sexta-feira, dia 19, no auditório do Centro de Eventos, a “Semana do Empreendedorismo da Mulher”, realizada pela Secretaria da Mulher em parceria com o Sebrae. O evento se dá em consonância com o “Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino”, promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e tem o objetivo de incentivar a mulher a gerir seus próprios negócios.

Camila Ribeiro, gestora do Sebrae Mulher, declarou: “as mulheres devem assumir as rédeas através de sua autonomia financeira”; Tirso Meirelles, do Conselho Deliberativo, afirmou: “as mulheres possuem uma visão 360 graus e o Sebrae disponibiliza cerca de 300 cursos para que elas conquistem mais espaços”.

Eliane Belchior, analista de negócios, foi a mediadora de um painel de depoimentos composto pela secretária da Mulher, Giani Cristina de Souza, pela promotora de Justiça Fabíola Sucasas e por Luíza Brunet, embaixadora do Programa Mil Mulheres, que objetiva capacitar mulheres em situação de vulnerabilidade social.

“O empreendedorismo é uma das formas de eliminar os vários tipos de violência que a mulher sofre”, lembrou Luíza. Fabíola citou nomes de várias mulheres executadas ao longo da história por sonhar com a liberdade. “Os espaços de liderança que a mulher ocupa não são favores e sim conquistas”, disse.

A secretária Giani enfatizou que a mulher deve colocar todo o seu conhecimento para conseguir geração de renda: “empreender é fazer”, resumiu. Ela agradeceu o apoio da Prefeitura para realizar o seu trabalho.

Giani falou ainda que a pandemia obrigou muitas mulheres a empreender em razão da perda de renda própria ou de seus companheiros. “O verdadeiro empreendedorismo é o que faz a pessoa gerar renda com prosperidade. É preciso saber o que se faz, como se faz e como gerenciar para que ela se torne uma grande empresária”, arremata.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri