Paixão pela matemática se transforma em proteção contra pichações no Jardim Silveira

0
78

Quem passa pela íngreme Rua Alberto Sagges, no Jardim Silveira, para um pouco para descansar e para apreciar o muro da casa de José Gonzaga, 64 anos, professor de matemática aposentado da rede municipal de Barueri.

As fórmulas de radiciação, tabelas de juros simples e compostos, teoremas de geometria e expressões algébricas tomam quase toda a extensão dos 10 metros da entrada. Pura paixão pela ciência?

“Em parte, sim”, responde Gonzaga. “Sou um apaixonado pela matemática, mas resolvi mandar fazer essa pintura para que os pichadores parassem de emporcalhar o meu muro”, complementa. Deu certo: já se passaram mais de quatro anos e nenhum pichador apareceu para cobrir o trabalho. Seriam eles também apaixonados pela matemática?

“Muitas pessoas me chamam para comentar sobre as fórmulas do muro. Alguns estudantes pediam para tirar fotos. Não me incomoda, muito pelo contrário. Para mim é motivo de orgulho”, comenta ele entusiasmado sobre a universalidade da matemática.

Gonzaga entregou as fórmulas para o grafiteiro Rafael Rafhê, que também é do Silveira. Ele, que demorou menos de duas horas para concluir o trabalho, comenta o pedido inusitado do cliente: “tenho 20 anos de experiência com o grafite. Nunca recebi uma encomenda parecida”.

Sobre José Gonzaga
Nascido em Sergipe, chegou na capital paulista em 1977 e começou a trabalhar como ajudante em uma grande empresa química, que pagava parte dos estudos para os funcionários que quisessem se formar.

Ele aproveitou muito bem o incentivo, ainda que chegasse em casa por volta da meia-noite e tivesse que acordar para trabalhar poucas horas depois. Mudou-se para Barueri depois que se casou, em 1985.

Aprovado em concurso público, lecionou na Escola Dalva Fogaça por 19 anos, mas não abandonou a empresa inicial, onde permaneceu por 23 anos e chegou ao cargo de comprador. Somente em 2000 passou a se dedicar exclusivamente ao magistério.

Completou 25 anos de atividades docentes e se aposentou há pouco mais de um ano. Possui um canal no Youtube (“Matemática com Gonzaga”), onde posta vídeos para esclarecer dúvidas de candidatos ao Enem, aos vestibulares etc.

Gonzaga é casado com Marlene, professora de História nos ITBs (Institutos Técnicos de Barueri) do Jardim Belval e do Jardim Mutinga. Eles têm dois filhos adultos, profissionais de TI (Tecnologia da Informação). Quando houver a reforma da pintura, vão trocar o tema para personagens históricos ou artigos de computação? Quem viver, verá!

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri