No mês junino, crianças da EMMEI Lucinéia aprendem sobre literatura de cordel

0
56

As crianças da EMMEI (Emei e Maternal) Lucineia de Oliveira, da Vila Ceres, estão participando de diversos eventos de Literatura de Cordel, com a implementação do projeto “Cordel Encantado”.

A programação está acontecendo remotamente e, além das crianças, está despertando grande interesse dos pais também.

Os pequeninos integrantes da 2ª fase estão bem atuantes com as apresentações de literatura, música e brincadeiras com rimas envolvendo sons e números.

Já as crianças da 1ª fase participam encantados com as contações do livro “Um Cordel para Muitos Chapéus”, da Editora Bagaço, escrito por Mariane Bigio e ilustrado por Alessandra Cavalcanti. A história que traz a beleza do cordel para contar sobre os mais variados tipos de chapéus.

Com a ajuda dos pais, a aluna Heloisa Gonçalves tem se mostrado bem participativa. “Eu fiz um chapéu e criei uma historinha de cordel muito bonita”, disse.

Após ouvir a história, contada via Meet pelas professoras, as crianças foram convidadas a criarem o seu chapéu e, com a ajuda de um adulto, produzir seu próprio cordel.

Além das histórias, o projeto também está trabalhando com a confecção de trabalhos manuais, como a produção de pipas, chapéus, xilografia, bem como a sugestão de uma série de receitas da culinária nordestina.

Para a diretora Jaqueline Alves, a iniciativa está despertando grande interesse de todos.  “Percebo que o engajamento aumentou com este projeto. Os pais têm participado ativamente durante aulas on-line cantando, ajudando nas rimas e contando sobre as referências que conhecem do Cordel. A participação dos adultos motiva as crianças”, disse.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri