Jardim Audir recebe espetáculo ‘Reprise’ da Cia LaMínima neste fim de semana

0
98

A trupe da Cia LaMínima estará de volta a Barueri neste final de semana. Desta vez os moradores do Jardim Audir e região terão a oportunidade de conferir de perto o espetáculo “Reprise”.

O evento tem como parceiro a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri (Secult) e as apresentações gratuitas serão realizadas no sábado e no domingo (dias 5 e 6), às 16h, na Praça do Jardim Audir, ao lado da Avenida  Exército Brasileiro.

O projeto foi contemplado no edital Prêmio Funarte de Estímulo ao Circo 2021. Em 30 de agosto de 2022 a companhia LaMínima completará 25 anos de atuação nas artes cênicas, integrando as linguagens do teatro e do circo no Brasil. A fim de ampliar as possibilidades de interseção de fazeres e proporcionar atividades diversas para o público, a companhia LaMínima realiza a circulação de um dos mais versáteis e executados espetáculos da Cia, o “Reprise”, que completa 15 anos de uma trajetória com centenas de apresentações.

Para este projeto foi proposta uma circulação pelas cidades de Cotia e Barueri, região da Grande São Paulo, totalizando quatro apresentações.

Sobre o espetáculo “Reprise”
Prêmio Coca Cola FEMSA / 2007 – Categoria Especial – Domingos Montagner e Fernando Sampaio, pela valorização dos números circenses de humor físico e as clássicas paródias acrobáticas no espetáculo “Reprise”.  Quatro Indicações ao Prêmio Coca Cola FEMSA, entre elas Melhor Espetáculo Infantil e Melhor Direção.

SINOPSE – Ao chegarem no local de sua apresentação, dois palhaços descobrem que foram contratados para o mesmo espetáculo, no mesmo horário, pela mesma pessoa. Depois de infrutíferas tentativas de provar um ao outro sua prioridade no picadeiro, decidem realizar o trabalho juntos. Porém, no decorrer do show, percebem que juntos seus talentos se multiplicam e que também é uma boa oportunidade de renovarem seus repertórios.

Esta montagem mantém a característica circense de seu trabalho, prestando uma homenagem direta à tradição à qual fazem parte como origem e estética, e ao mesmo tempo buscam nesta raiz recriar novas formas de narrativas. Desta vez, para encenar uma metáfora sobre a amizade nos dias de hoje, utilizam-se de técnicas e reprises clássicas (tradicionais atos de palhaços de circo), como eixo para o roteiro, buscando construir simbolicamente uma interpretação da construção e fortalecimento das relações humanas.

Esse espetáculo é como uma revisão das principais técnicas de palhaço desenvolvidas pelo LaMínima em 25 anos de trabalho consecutivo. Estão presentes como alicerces da performance narrativa a comédia física e a tradição oral circense, elementos fundamentais na construção do universo particular e absurdo do repertório do LaMínima. Duração: 50 minutos; Classificação: Livre .

Sobre a Cia LaMínima
Nasceu em 1997 com a estreia do espetáculo “LaMínima Cia. de Ballet”, encenado por Domingos Montagner (in memoriam) e Fernando Sampaio, oriundos do Circo Escola Picadeiro em São Paulo. Ali estreava a dupla de palhaços “Agenor e Padoca”, sob a orientação do Mestre Roger Avanzi, o Palhaço Picolino. De lá pra cá são 25 anos de trajetória ininterrupta e incontáveis apresentações de 18 espetáculos em teatros, picadeiros, escolas, ruas, praças, albergues, parques, igrejas e asilos, entre outros lugares que se transformaram em palco ou picadeiro para a arte da palhaçaria, uma arte exigente, que pede vocabulário e apuro técnico dos seus intérpretes, anos de prática, um profundo conhecimento de alma humana e, acima de tudo, generosidade.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri