Hospital Regional: obra avança e plano é adiantar ainda mais o cronograma

0
58

Mais de 1,8 milhão de pessoas, moradoras das sete cidades que compõem a região oeste da grande São Paulo (Barueri, Osasco, Carapicuíba, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus), serão beneficiadas pelo futuro Hospital Regional Rota dos Bandeirantes.

A obra, custeada pela Prefeitura de Barueri e pelo governo estadual, dará à região o maior e mais moderno hospital público de alta complexidade do Estado na atualidade, conforme afirma o secretário de Saúde de Barueri, Dionisio Alvarez Mateos Filho.

“É uma obra médica da maior importância pra essa região, será o hospital mais bem estruturado do Estado de São Paulo. Vai ter oncologia, quimioterapia, radioterapia, cirurgia cardíaca e outras cirurgias de grande porte, como de coluna, neurocirurgias. Realmente é uma estrutura ímpar, fabulosa, nenhum dos hospitais da região se comparam ao que esse vai ser”, aponta o secretário.

A assinatura do convênio entre o Estado e o município, que cedeu o terreno, o projeto e também está custeando metade da obra, foi feita no dia 23 de agosto de 2019. Após todos os trâmites legais, em outubro do ano passado teve início a construção. Nesta terça-feira (dia 27), o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, representando o governador João Doria, visitou pessoalmente o local, que está evoluindo rápido.

“É uma obra fundamental para Barueri e toda a região, uma parceria do governo do Estado de São Paulo, com investimento de R$100 milhões, e também da Prefeitura de Barueri, com outros R$100 milhões. Uma obra que anda de forma acelerada, a gente veio fazer a vistoria e verificar esse andamento. Faremos vistorias a cada dois meses e trazer o próprio governador, o secretário estadual de Saúde. Estamos aqui imbuídos de entregar essa obra o mais rápido possível pra população”, afirmou Vinholi.

Mais rápido ainda
E se o assunto é pressa, o secretário de Obras de Barueri, Beto Piteri, garantiu que a urgência é de todos os envolvidos. “Nós já lutamos por essa obra há 30 anos. Já temos uma reunião marcada pra segunda-feira pra adiantarmos o cronograma desta obra. É uma obra de estrutura metálica que já está sendo feita, então ela vai crescer rápido, e pela programação que nós estamos fazendo aqui vamos, se Deus quiser, entrega-la no final de 2022. Em agosto essa obra já vai estar totalmente diferente, essa estrutura metálica já vai estar colocada, nós já vamos ver um prédio bem alto”, detalha Piteri.

Obra monumental
O Hospital Regional Rota dos Bandeirantes será um equipamento público de alta complexidade. Ele terá capacidade para 1.100 internações e 580 cirurgias por mês. Serão 370 leitos, dos quais 50 de UTI e oito salas cirúrgicas, dentre várias outras alas específicas, além de parque tecnológico de última geração com acelerador linear, hemodinâmica e aparelhagem completa e digital.

Localizado na avenida Aníbal Correia, 1445, no Jardim São Diego, em Barueri, o equipamento, que faz divisa com Carapicuíba e Jandira, está sendo erguido sobre terreno de 64 mil metros quadrados. O prédio terá 10 pavimentos, além de um heliponto, totalizando 41 mil metros quadrados de área construída.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri