Escolas de educação infantil criam mascote para atividades cotidianas

0
21

As escolas de educação infantil da rede de ensino de Barueri estão usando muita criatividade na adoção de mascotes que serão empregadas nas mais diversas atividades lúdicas e de aprendizagem.

Na Emei Rogelio Lopes Recarey, por exemplo, eles foram confeccionados pelas próprias crianças e estão sendo a grande sensação da escola.

Com o objetivo de trabalhar o tema afetividade, surgiu a proposta da confecção da “mascote dos sentimentos”, a qual as crianças pudessem dar opiniões sobre o que seria: ser humano, monstro, animal, brinquedo, fantoche etc.

Criado em material higienizável, seguindo os protocolos de saúde, a “mascote dos sentimentos” acompanhará toda a rotina na escola, fazendo parte da turma.

“Estará presente quando precisarem falar e ou expressar seus sentimentos, sejam quais forem. Favorecendo o fortalecimento de vínculos, segurança no ambiente escolar, cuidado mútuo, respeito aos pares e desenvolvendo o falar e escutar de experiências significativas”, explicou a diretora da escola, Mônica Balmant

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri