“Chiquititas” são vice-campeãs paulistas de voleibol

0
28

Terminou ontem, dia 19, o Campeonato Paulista de Vôlei Feminino no Ginásio Poliesportivo José Corrêa. A equipe do Osasco Vôlei, estruturada há mais de 25 anos, venceu novamente por 3 sets a 0 com parciais 25×16, 25×17 e 25×17.

A partida durou uma hora e 22 minutos. Lorena foi a maior pontuadora de Barueri com 13 acertos. Tiffani, do time adversário, campeão pela 16ª vez, fez 16 pontos. A equipe da casa teve mais erros de ataque (11 contra 5 das osasquenses).

As arquibancadas receberam um bom contingente de torcedores que adquiriram seus ingressos via internet. Todos os protocolos de prevenção contra a Covid-19 foram obedecidos.

Mesmo com a derrota, os torcedores aplaudiram de pé o desempenho das jovens jogadoras carinhosamente chamadas de “Chiquititas” pela imprensa esportiva. O ex-líbero Serginho, ídolo do vôlei brasileiro, entregou troféus na cerimônia de premiação.

Desempenho no Paulistão
A equipe perdeu cinco jogadoras em 2020 e outras cinco neste ano. Ainda assim, o time de José Roberto Guimarães terminou a competição com cinco vitórias e cinco derrotas, conseguindo eliminar o favorito Sesi Bauru nas duas partidas semifinais por 3 sets a 0.

Superliga Feminina
O descanso da equipe será muito breve, já que a estreia do Barueri Volleyball Club (BVC) na Superliga Feminina 2021/2022 será no dia 29/10 (sexta-feira) às 21h no Ginásio Poliesportivo José Corrêa. O adversário será o Curitiba Vôlei (CWB).

FICHA TÉCNICA:
Campeonato Paulista de Vôlei Feminino – 2º jogo da final
Ginásio Poliesportivo José Corrêa – 19/10/2021 – 18h
Barueri Volleyball Club 0 x 3 Osasco Vôlei (parciais 16×25, 17×25 e 17×25)
Primeiro árbitro: Rafael de Souza Lino
Segundo árbitro: Jediel Hosana de Carvalho

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri