Caminhada Rosa é marcada pela conscientização

0
31

A manhã ensolarada de sábado (dia 23) foi muito condizente com a energia elevada de quem estava na Caminhada Rosa, atividade que faz parte da programação especial do mês de outubro e que tem o objetivo de chamar a atenção para a campanha deste ano: “Câncer de mama não faz quarentena”.

A concentração ocorreu no Ginásio José Corrêa, seguiu pela pista de caminhada do Parque Linear (Vila Porto) e finalizou no Parque Municipal Dom José.

Com a presença em quase sua totalidade das integrantes do Núcleo de Combate ao Câncer de Mama, familiares e amigos que foram para apoiar a causa, a caminhada, antes de começar, contou com aulas de alongamento e danças para aquecer o corpo e a alma de quem estava disposto a lutar pela vida.

“Quando eu cheguei no Núcleo, estava muito doente, fui muito bem acolhida e recebida. Hoje apresento o Núcleo para segurar na mão de quem estiver lá, estou nessa caminhada lutando pela vida”, disse a aposentada Rosemary Cavalcante Barbosa, de 56 anos, sobre o Núcleo de Combate ao Câncer de Mama, instalado na Secretaria da Mulher com foco no atendimento de mulheres que enfrentam a doença.

Ana Maria Ferreira do Nascimento Oliveira, de 60 anos, teve o diagnóstico de câncer de mama há 23 anos e, desde então, marca presença em todas as caminhadas pelo Outubro Rosa.

“É importante conscientizar a todas as mulheres, não só no mês de outubro, mas o ano inteiro, sobre a importância da prevenção. Estou há mais de 20 anos nessa caminhada e aconselho todas a cuidarem da saúde, a se tocarem, olharem para o próprio corpo. Hoje estou muito bem, graças a Deus, e o Núcleo dá muita força para seguir em frente”, conta a dona de casa.

A secretária da Mulher, Giani Cristina do Souza, reforçou a importância do engajamento de todos pela causa. “Agradeço a cada uma que está aqui e também de cada homem que está engajado em lutar ao lado das mulheres. Essa caminhada é para celebrar a vida, com carinho, amor e harmonia. Unidos por única causa”, disse.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri