Barueri Celebra o Dia Internacional da Dança destacando a rotina das bailarinas do Núcleo de Dança

0
110

Antes do homem falar, ele dançou. Essa manifestação artística através da linguagem gestual vem acompanhando o processo de civilização, como comunicação da evolução social, sendo a dança o meio de expressão da Arte mais antiga do mundo.

A dança é celebrada neste dia 29 de abril e a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri convidou os alunos do Núcleo de Dança para participarem de uma gravação no Centro de Eventos, retratando todo o processo artístico e técnico envolvido até a subida ao palco, como forma de expressão do amor pela arte, perpassando antes pelas diversas etapas que constituem a aula técnica com objetivo de conscientização corporal e limpeza do movimento técnico, num esforço coordenado do corpo e da mente. A transmissão será feita nesta quinta-feira, dia 29, às 18h, pelo Facebook e canal do Youtube Cultura Barueri Oficial.

As professoras responsáveis por esse processo artístico, Carol Resende e Ariane Anderaos, dividiram as turmas em grupos reduzidos de alunos, respeitando o distanciamento social e seguindo todos os protocolos de higiene e segurança sanitária.

A aluna Laura Café, de 10 anos, comentou sobre sua participação nas aulas. “Eu gostei muito das aulas on-line, foi bastante divertido fazer as aulas de casa, mesmo com meus cachorros também querendo participar. As professoras sempre nos ajudaram e continuar com o balé on-line me ajudou a não esquecer tudo o que eu tinha aprendido.”, finalizou.

A mãe de Laura, Juliana Café, contou como foi essa mudança. “Nossa rotina também mudou, mas com as aulas remotas on-line conseguimos manter, além da saúde física, a saúde mental o mais próximo de uma vida normal. A preocupação do Núcleo de Dança com todos os bailarinos nos fez sentir acolhidos. No entanto, não deixamos de estar muito ansiosos com o retorno presencial das aulas”, concluiu.

Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Jean Gaspar, propiciar relações socioafetivas fazem parte dos valores de ensino das manifestações artísticas da Secretaria e promover o bem-estar social em sala de aula aumenta as possibilidades de acesso amplo e irrestrito ao conhecimento e, por consequência, crescimento como um cidadão em busca de formação fundamentada em princípios e valores humanitários, profissionais e éticos.

A Secretaria de Cultura e Turismo atualmente conta com 13 polos de manifestação multicultural distribuídos pela cidade. São mais de 9 mil alunos atendidos pelo Projeto Educação pela Arte. Nesses diversos polos estão as Oficinas Culturais, ações socioeducativas, com suas 22 modalidades de cursos livres e gratuitos nas áreas de:

  • Artes Visuais (desenho e pintura; pintura em tela; artes e reciclagem; mangá e caricatura);

  • Dança (ballet, jazz, dança contemporânea, dança de salão, street jazz e zumba fitness);

  • Teatro;

  • Música (cavaquinho, piano, vilão popular, violino, violão clássico, canto e coral).

Barueri é uma cidade que incentiva e apoia a dança. Antes da pandemia, em 2019, havia 3.718 alunos inscritos nos cursos de dança. Dentre as modalidades oferecidas estão os cursos livres das Oficinas de Artes, como jazz dance, danças brasileiras, baby ballet, contemporâneo, ballet, zumba e dança de salão. Em 2017 foi criado o Núcleo de Dança, que oferece uma formação artística ampla e qualificada. Para participar os bailarinos passam por uma seletiva que envolve avaliação física e conhecimento técnico em ballet. Desde sua criação o Núcleo participou de vários festivais de dança e recebeu cerca de 50 premiações.

Sobre a Data
O Dia Internacional da Dança foi instituído pelo Comitê Internacional da Dança da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) em 1982 e faz uma homenagem a Jean-George Noverre, um grande mestre da dança.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri