Aula de xadrez é uma das novidades no retorno presencial na Emef Egidio Costa

0
71

Na Emef Egídio Costa, no Jardim Califórnia, o retorno das aulas presenciais trouxe uma série de novidades. Uma delas é o projeto de xadrez. Com as aulas do professor José Renato Rocha, estudantes do 6º ao 9º anos estão aprendendo tudo sobre a arte milenar que, segundo estudos, tanto tem contribuído para a aprendizagem, concentração e desenvolvimento de crianças, jovens e adultos. 

Por conta dos protocolos de segurança em prevenção à Covid-19, todas as peças recebem higienização rigorosa e os participantes dos jogos precisam usar luvas descartáveis. 

De acordo com o professor Renato, as aulas de xadrez ainda estão no início e os estudantes estão se familiarizando com a maneira de jogar. No entanto, já é notória a grande participação de todos. “Posso dizer que a adesão e interesse é de 100% dos alunos. Com o apoio do professor de informática, também estamos realizando apresentações de sites e aplicativos que ajudam a desenvolver as habilidades necessárias para dominar o jogo”, contou. 

O xadrez tem um potencial bastante interessante no fomento de aprendizagens. Costuma-se dizer que o xadrez é a ginástica da mente. A criança aprende e joga, entre outras coisas, para preparar o cérebro para aprender mais e melhor. 

Sobre o Xadrez 

É um jogo de mesa de natureza recreativa e competitiva para dois jogadores. É praticado sobre um tabuleiro quadrado e dividido em 64 casas, alternadamente brancas e pretas. De um lado ficam as 16 peças brancas e de outro um mesmo número de peças pretas. Cada jogador tem direito a um lance por vez. O objetivo da partida é dar o xeque-mate no adversário. 

É um jogo que requer raciocínio lógico e estratégia, não envolve o elemento sorte, com exceção do sorteio das cores no início da partida. 

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri