Arena Barueri sedia evento solidário com artistas e ex-jogadores profissionais

0
112

Um dos estádios mais modernos do Brasil, a Arena Barueri, no Jardim Belval, sediou, no sábado, dia 4, o 2º Futebol Solidário 2021 – evento promovido pelo Instituto Atos, parceiro do Fundo Social de Solidariedade de Barueri com apoio da Secretaria de Esportes, de outras secretarias municipais e patrocinadores. O evento foi realizado com três jogos reunindo amigos do apresentador Rodrigo Faro, do jornalista Reinaldo Gottino (ambos da Record TV) e dos ex-futebolistas Paulo Sérgio (tetracampeão da Copa do Mundo com a Seleção Brasileira em 1994) e Milene Domingues.

O acesso ao gramado e demais dependências da Arena foi controlado mediante a apresentação do comprovante de vacinação ou realização de testes rápidos, além do uso de máscara para conter a expansão da Covid-19. O evento teve a participação de 72 moradores em situação de rua, que receberam kits de roupas e higiene doados por cerca de trinta colaboradores.

Encontro com personalidades
O 2º Futebol Solidário foi transmitido pelo Youtube com irreverente locução do humorista e famoso imitador Alexandre Porpetone (Cabrito Teves, do SBT) e do jornalista Fernando Fontana (Rede TV); participação da apresentadora e repórter Iza Stein (esposa do cantor Maurício Manieri) e do jornalista esportivo Flávio Prado (Jovem Pan).   

Também estiveram presentes personalidades como os ex-jogadores André Luiz (ex-lateral esquerdo do São Paulo e Seleção Brasileira), o atacante Roger (ex-Corinthians), Ramalho (ex-volante do Santo André) e Rogerinho (atleta do Corinthians e da Seleção Brasileira de Amputados); o apresentador César Filho, o jornalista Benjamin Back (Arena SBT e Fox Sports), o secretário de esportes de Barueri, Tom Moisés, e  Piong Lee (youtuber e ex-BBB20)

César filho apitou o segundo jogo no dia em que Rodrigo Faro fez três gols na vitória por 7 a 4 de sua equipe contra um dos times do então goleiro Ronaldo Gottino – jornalista que também atuou na derrota por 3 a 2 (nos pênaltis) para a equipe de  Milene Domingues, depois do empate por 3 a 3 no tempo normal.

Na final, o título de campeão do 2º Futebol Solidário da Atos ficou com a equipe da própria Milene Domingues que, assim como Rodrigo Faro, não jogou a decisão devido a compromissos. Reforçado por Paulo Sérgio e Roger, que também atuaram no primeiro e segundo jogos, o time da mãe de Ronald (filho do ex-jogador Ronaldo Fenômeno) venceu por 3 a 2 nos pênaltis, após 2 a 2 no tempo normal. Todos os participantes receberam medalhas.

Atos e Amor
Também conhecido como Atos e Amor, o instituto é uma Ong constituída em Barueri, fica na  Praça das Hortências, 40, no Centro Comercial Alphaville, e é 100% custeada por meio do voluntariado. Tem como objetivo reduzir a fome e a desnutrição de centenas de pessoas em situação de rua e de famílias em situação de vulnerabilidade. Semanalmente, a entidade produz e distribui pelo menos 450 refeições nutritivas e balanceadas, acompanhadas de água potável, todas às terças-feiras, nas cidades de Barueri, Carapicuíba e Osasco.

De acordo com o diretor da Atos, Daniel Cursino, o futebol solidário é o único promovido no Brasil em que se coloca juntos moradores em situação de rua, artistas e ex-jogadores profissionais.

Ex-atacante do Corinthians, Paulo Sérgio reforçou: “é um evento inédito. Queremos integrar os moradores (jovens e adultos) à sociedade novamente e mostrar que eles são importantes, que nós todos somos iguais. Fico muito grato porque pudemos trazer um pouco de alegria a essas pessoas. Esperamos que Deus possa nos ajudar, nos dar sabedoria de como direcionar tudo isso”.

Protagonistas
Eterna rainha das embaixadinhas, Milene Domingues disse ter sido uma grande honra participar do jogo solidário na Arena Barueri, com ajuda da Prefeitura de Barueri e de pessoas que acreditam no projeto. “Uma benção, e espero estar na terceira edição também. Parabéns a todos. Jogar e ir para a final sãos detalhes. No final, todos ganhamos. Que os moradores de rua tenham momentos de alegria, que sejam vistos como protagonistas. E isso é o que vale a pena”, afirmou.

Sensibilização e reconhecimento
Um dos entrevistados por Iza Stein, o apresentador Rodrigo Faro destacou o fato do evento reunir artistas, jogadores, moradores de rua, com todos jogando bola no mesmo campo. “Isso tem uma simbologia muito linda. Não é só fazer a nossa parte, mas sensibilizar as pessoas a fazerem o mesmo. Doar amor é algo muito precioso. Que as pessoas possam ajudar para matar a fome de mais gente, e isso faz a diferença”.

O engajamento em prol do bem é reconhecido por ex-moradores de rua como Fabio Júnior, que já conviveu na “Cracrolândia”, em São Paulo, afirma ter se livrado do vício e se tornou funcionário a Atos. Ele conheceu o instituto em 2020, jogou as duas edições do evento solidário, pediu apoio para ajudar a Ong a realizar o trabalho em Barueri e região e agradeceu a atenção. “Obrigado a todos: Sonia Furlan (presidente do Fundo Social de Solidariedade), Bruna Furlan (deputada federal) e ao prefeito de Barueri”.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri