25 de outubro é o Dia Mundial do Karatê; Barueri coleciona títulos na modalidade

0
29

Em 25 de outubro celebra-se o Dia Mundial do Karatê. Nessa mesma data em 1936, em Okinawa (província meridional do Japão), houve uma grande reunião de mestres para discutir e definir os rumos da “arte marcial da paz”. Esse ato foi importante para o desenvolvimento da arte no país e, posteriormente, no mundo.

O karatê surgiu lá mesmo, no arquipélago de Okinawa, há vários séculos, quando era proibido o uso de armas. Karatê significa “mão vazia”. O karatê chegou ao Brasil junto com os primeiros imigrantes japoneses em 1908, mas só em 1956 foi montada a primeira academia no Centro de São Paulo pelo mestre Mitsuke Harada.

Curiosidade
Um certo pugilista japonês chamado Masahiko Harada venceu o nosso campeoníssimo Éder Jofre por duas vezes na década de 1960. Os resultados foram muito contestados porque Harada aplicava golpes peculiares de outras artes marciais (cabeçadas, cotoveladas e até uma “rasteira”). Seria ele o precursor das lutas de MMA (Artes Marciais Misturadas)?

Com a criação da primeira associação brasileira de karatê na década de 1960, o karatê se popularizou e a arte marcial é praticada em todos os estados brasileiros. Muitos karatecas não se limitam a atuar como lutadores. São também instrutores, árbitros e técnicos de equipes.

Cidade praticante da arte marcial
Em Barueri há seis polos para a prática do karatê e cerca de 550 alunos. O Barueri Esporte Forte participa de diversos campeonatos e já conseguiu muitos títulos estaduais, nacionais e pan-americanos. Já disputou até mundiais na Irlanda e no Japão. Os principais nomes são os senseis (mestres) Andrew Marques, Rhayslan Deivid e Ruy Koike.

Os atletas mais dedicados: Andrew Marques, Petterson Lozinski, Débora Trindade, Ryan Duarte, Sara Oliveira. Ruy Koike, coordenador-técnico do Barueri Esporte Forte, declara: “o Karatê aumenta a resistência física, melhora os reflexos e deixa o organismo menos suscetível a doenças e lesões. Mentalmente, contribui para desenvolver a paciência, a disciplina, a perseverança, a concentração e o foco; moralmente, ajuda na formação de um caráter sadio, do respeito, do esforço e do autocontrole”.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri