Oficinas de orientação para o trabalho têm novo planejamento para melhorar a qualidade

0
102

 

A Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS) apresentou, na tarde dessa segunda-feira (16), durante reunião ordinária do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), o planejamento para o novo formato das rodadas das Oficinas de orientação para o trabalho, programa ligado ao Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho). O planejamento foi aprovado por unanimidade pelos cerca de 20 conselheiros presentes e concentra as oficinas na Escola de Gestão Pública (EGP), em vez dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

Planejamento para o novo formato das rodadas das oficinas foi aprovado pelo CMAS

Para a gestora da UGADS, Nádia Taffarello Soares, “planejamento é baseado na experiência das realizações nos territórios, com a proposta de alcançar maior efetividade dos serviços ofertados, após recorrente análise da Unidade de Gestão”. Novo formato visa a proporcionar integração intergeracional, já que o público-alvo vai dos 16 aos 59 anos, e à apropriação de outros equipamentos públicos e espaços, como a EGP, por parte do público da assistência social, bem como evitar ocorrências de grupos em que a participação era baixa, o que desmotivava certas dinâmicas e atividades previstas.

Para o início deste semestre, estão previstas três novas turmas, cada uma com 25 vagas, às sextas, terças e quartas-feiras, com início, respectivamente, nos dias 02, 06 e 07 de agosto. Os interessados devem se inscrever nos Cras e no Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), de posse de documentos e do Número de Identificação Social (NIS), emitido pelo Cadastro Único. Uma nova rodada está também prevista para outubro.

Nos oito encontros, os participantes tratam de identidade e integração no mercado, habilidades e competências, entrevista de emprego, comunicação e trabalho em equipe, direitos trabalhistas e discriminação, montagem de currículos, marketing pessoal, motivação e confiança, aspectos de ética e liderança, planejamento de carreira e vivência profissional. Terminados os encontros, os técnicos responsáveis divulgam vagas de trabalho disponíveis para o grupo.

Acessuas Trabalho
O Acessuas Trabalho é ligado ao ministério da Cidadania e tem ações no Município desde 2017. Também fazem parte do programa uma parceria do Município com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), voltado a jovens de 14 a 24 anos, e uma parceria com as Faculdades Anhanguera pelo PEC, voltado para jovens entre 14 e 16 anos com oficinas aos sábados. Por conta da faixa etária mais restrita, os jovens compõem um banco de talentos do “Jovem para o Futuro”, à disposição de empresas interessadas.