Conselho da Mulher é empossado e anuncia novas ações em prol do público feminino

0
46

Uma reunião muito especial realizada no auditório da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Barueri (Sads) aconteceu na manhã de terça-feira (dia 27) e marcou a apresentação e posse do Conselho da Mulher de Barueri, gestão 2021 a 2024.

A presidente reeleita, Fabíola Sarcinella, que ocupa o cargo pelo terceiro mandato, foi a anfitriã da cerimônia presencial, realizada com todos os protocolos sanitários.

O evento contou com a presença da madrinha e incentivadora do Conselho da Mulher, a presidente do Fundo Social de Solidariedade Sônia Furlan, que lembrou sobre a criação da entidade, no ano de 2009.

“Quero aqui parabenizar a presidente Fabiola, bem como todas as integrantes do Conselho, que tanto têm feito para apoiar todas as causas e direitos das mulheres da nossa cidade. Ao longo dos anos, sabemos que as conquistas foram enormes. Sabemos da importância de todas vocês, que atuam como escuta dos anseios das mulheres do nosso município e na implementação de políticas públicas para nossas cidadãs. Eu desejo que Deus continue guiando todas vocês e suas ações”, disse a primeira-dama.

A presidente e jornalista Fabiola Sarcinella agradeceu o empenho de todas e aproveitou para anunciar a retomada da elaboração do Plano de Políticas Públicas de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, dentre outras ações importantes em benefício do público feminino.

A deputada federal Bruna Furlan também integrou a mesa e fez questão de falar da importância do órgão. O Conselho Municipal atua na assistência, inclusão e luta pela garantia dos direitos da Mulher, entre os quais está a segurança das mulheres que sofrem violência doméstica. Ela lembrou de uma recém conquista de seu mandato, que foi conseguir junto ao governo do Estado a extensão do atendimento da Delegacia da Mulher de Barueri para 24 horas.

“Estou muito feliz em participar deste momento, pois eu considero tão importante quando vemos mulheres juntas trabalhando por justiça social. Não podia deixar de anunciar esta conquista sobre a extensão por 24 horas do atendimento da Delegacia da Mulher, pois acredito que é no momento do calor da problemática em casa que a mulher tem coragem de denunciar”, explanou Bruna.

Também integraram o grupo de autoridades participantes da primeira reunião do novo Conselho a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina, a secretária da Mulher, Giani Cristina Souza, a vereadora Mary Rodrigues e a vice-presidente do Conselho da Mulher, advogada do Instituto Makenzie, Larissa Dias.

Fonte: Secom – Prefeitura de Barueri