Medicamentos controlados são entregues na Clínica da Família

0
39

 

A Relação Municipal de Medicamentos (Remume) da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde conta com 192 remédios de uso contínuo ou eventual, disponíveis para a população, nos dispensários das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Jundiaí. A Clínica da Família, no entanto, além dessas substâncias, contabiliza mais 34 medicamentos de controle especial, específico para o atendimento dos moradores da Região Oeste. A descentralização da distribuição, – que antes era feita somente na Farmácia Central (localizada na rua Marechal Deodoro da Fonseca) – facilita o acesso ao tratamento. O modelo será aplicado nas demais Clínicas da Família que serão entregues em Jundiaí.

“Investir em saúde também engloba adotar medidas que favoreçam a população para a adesão ao tratamento, como a oferta da medicação controlada próximo da residência. A Clínica da Família do Novo Horizonte, que funciona até as 20h, tem o perfil para facilitar esse acesso da população ao cuidado em saúde, inclusive com a entrega de medicação. O mesmo sistema será adotado na Vila Hortolândia, que também terá uma Clínica da Família. O investimento de R$ 3 milhões já está previsto pelo ‘Avança Jundiaí’”, detalha o Prefeito Luiz Fernando Machado.

De acordo com o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, a descentralização da entrega, assim como a disponibilização da Remume no site da Prefeitura de Jundiaí, no APP Jundiaí e na própria UBS são medidas adotadas para facilitar o acesso da população ao tratamento. “São medidas simples, que facilitam o cotidiano da população. Reduzimos o deslocamento da parcela da população da região Oeste que faz uso deste tipo de medicação, trazendo o produto para próximo da residência. Isso é humanização”, ressalta.

Por dia, passam pela Farmácia da Clínica da Família do Novo Horizonte até 500 pessoas em busca de medicamentos. Desse total, cerca de 10% são usuários que utilizam medicamentos psicotrópicos, além de insumos e remédios para o diabetes. O atendimento realizado pela assistência farmacêutica, diariamente, é de 360 pessoas, em média. Em termos comparativos, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de grande porte atendem a uma média de 350 pessoas diariamente.