Curso ensina técnicas de artesanato em palha de milho

0
61

 

Por meio de uma parceria entre a Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Sindicato Rural de Jundiaí, um grupo de cerca de 15 mulheres participa, até sexta-feira (28), de um curso de artesanato em palha de milho que tem como objetivo proporcionar mais uma fonte de geração de renda aos artesãos da cidade. As aulas são ministradas na Associação Amigos do Traviú.

Para a artesã e instrutora de artesanato, Marcelina Filipini, que integra o programa “Jundiaí Feito à Mão”, o curso tem sido uma excelente oportunidade de ampliar seus conhecimentos. “Eu trabalho atualmente com costura criativa, flores de chita e frutas em pano. Aprender uma nova técnica é importante porque posso mesclar os conhecimentos e ampliar as minhas chances de gerar renda”, comenta.

O professor Rodolfo Santiago, que comanda o curso, destaca que o aprendizado de uma nova técnica ajuda os artesãos a se manterem na ativa durante todo o ano. “Quanto mais técnicas a pessoa aprender, mais chances ela terá de mostrar seu trabalho. A sazonalidade não pode ser ignorada. Alguns materiais como, por exemplo, a argila, não podem ser utilizados em determinados períodos do ano e, por isso, é importante estar sempre estudando”, afirma. A partir da palha de milho, o grupo aprende a fazer trançados que podem ser utilizados, por exemplo, na confecção de cestas.

A UGAAT, em parceria com o Senar e o Sindicato Rural, realiza frequentemente cursos de capacitação para os artesãos jundiaienses. A abertura dos cursos e formas de inscrição são sempre divulgadas com antecedência no site da Prefeitura de Jundiaí.