Contra a Raiva: Jundiaí mantém vacinação com agendamento

0
89

 

Com a não entrega das doses de vacina contra raiva pelo Ministério da Saúde (MS), Jundiaí adotou modelo de agendamento para ofertar as doses remanescentes em estoque da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) e garantir o total uso do imunobiológico recebido para atendimento de rotina. O agendamento foi iniciado no dia 23. Para registrar a solicitação para a imunização do cão ou gato de estimação, basta ligar para o telefone (11) 4521-0660 e se informar sobre o dia e o horário que deverá comparecer ao equipamento para a imunização. Esta não é a primeira vez que o governo federal não entrega a dose contra raiva.

Segundo o gerente da UVZ, Carlos Ozahata, a medida tem por objetivo eliminar perdas e otimizar o uso da vacina. “Cada frasco de vacina contra raiva tem 25 doses e, após aberto, deve ser utilizado em até três dias. O formato de agendamento é feito para garantir o uso completo do frasco. Essas são doses que a cidade recebe para atendimentos de rotina, não tendo relação com a campanha. A organização do agendamento é o modelo mais eficiente de garantir o uso das cerca de 1 mil doses disponíveis”, explica.

O gerente lembra que a medida é embasada na preocupação com a circulação do vírus da raiva na região. Neste ano foram localizados 5 morcegos positivos para a doença na cidade. “A vacinação deve ser feita anualmente em cães e gatos, que são os animais mais próximos das pessoas e que podem transmitir a doença. Por isso Jundiaí toma a medida de otimizar o uso do estoque local. Esta não é a primeira vez que a dose não é entregue para as cidades. Entre os anos de 2010, 2011 e 2015 também houve cancelamento da oferta da dose pelo governo federal”, argumenta.

Os proprietários de cães e gatos interessados em vacinar os animais contra a doença devem entrar em contato com a UVZ, pelo telefone 4521-0660. O equipamento público está localizado na rua dos Bandeirantes, 175.