Concurso de Ideias do Vale do Rio Jundiaí se encerra no fim do mês

0
56

 

Com o objetivo de requalificar o espaço do Rio Jundiaí em seu trecho urbano, o Concurso de Ideias do Vale do Rio Jundiaí, idealizado pela Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) e organizado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) Jundiaí, está com inscrições abertas para a inclusão de projetos até o dia 29 de junho. Para debater o assunto e apresentar soluções aplicadas em outras localidades do mundo, a doutora e engenheira da Unicamp, Luci Braga, apresentou palestra sobre “Zoneamento de áreas propicias para a implantação de Parques Fluviais”, na tarde de quarta-feira (5), no Paço Municipal.

“Os rios eram espaços de vida, com navegação, diversão, enfim, vida para a população. Com o passar do tempo, a humanidade virou as costas para o rio, desprezando-o, não o incluindo ao ambiente, nem no desenvolvimento. Agora, a tendência mundial é requalificar esses espaços e o valorizar a partir de projetos desenvolvidos com apoio de várias instituições, de esferas diversas para que sejam qualificados e certificados pela própria população. O projeto que é abraçado pela população local é vitorioso, garante qualidade de vida, usabilidade e valorização ao espaço”, argumenta a palestrante, após mostrar exemplos bem-sucedidos de vales de rios ocupados em cidades chinesas, americanas e europeias.

De acordo com a presidente Mariangela Mazzola Mendes, esse tipo de concurso é importante tanto para os arquitetos quanto para as administrações, que recebem ideias que subsidiarão projetos desenvolvidos ao longo do tempo. “O Concurso de Ideias do Vale do Rio Jundiaí é uma projeção de futuro que é possível de ser realizado. Essa modalidade atrai os arquitetos, que podem desenvolver projetos inovadores e futuristas”, argumenta a presidente.

O lançamento do concurso foi feito em fevereiro passado, a partir de site do concurso, com detalhamento das regras, a problemática e as bases para o desenvolvimento do projeto. As ideias serão analisadas por banca julgadora mista. A estimativa é de que mais de 100 inscrições sejam realizadas”, analisa. O concurso premiará com R$ 50 mil para o escolhido em primeiro lugar, R$ 30 mil para o segundo e R$ 20 mil para o terceiro. A data limite para a inscrição é até o dia 29 de junho. Tanto a inscrição quanto a disponibilização do projeto é feita por meio eletrônico.

Jundiaí não realizava concursos do mesmo tipo há 30 anos. O último foi para o projeto do Paço Municipal.