Prefeitura de Osasco realiza 7ª Conferência Municipal de Saúde

 

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Saúde e do Conselho Municipal de Saúde (CMS), realizou no sábado, 6/4, a 7ª Conferência Municipal de Saúde, no Centro ds Formação Continuada dos Profissionais da Educação, no Centro.

Com o tema “Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS”, a conferência que tem como objetivo organizar, construir e aprovar propostas que promovam e garantam o direito humano à saúde, contou com a presença  de autoridades, membros do CMS, servidores municipais e sociedade civil.

Durante o evento, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, anunciou importantes intervenções na área e explicou investimentos de curto e médio prazo. “No início do nosso governo tivemos que fazer uma escolha. Com os recursos disponíveis começamos pelas áreas de urgência e emergência tamanha a dificuldade. Um exemplo é a Maternidade Amador Aguiar que foi fechada pelos próprios funcionários nos primeiros dias da nossa gestão”, disse.

“A prioridade para este ano é a atenção básica. Faremos um trabalho prioritário nas Unidades Básicas de Saúde que faz o primeiro atendimento, dessa forma, evitaremos que as pessoas tenham necessidade de recorrer aos serviços secundários e terciários. Já nos próximos dias, vamos iniciar obras em oito UBSs e até o fim deste ano, todas unidades serão reformadas”, anunciou.

Dentro da urgência e da emergência, Lins explicou que já foi realizada a reestruturação de alguns equipamento de saúde, mas para o segundo semestre de 2019, duas unidades passarão por uma ampla reforma, modernização e ampliação, o Pronto-Socorro Osmar Mesquita, no Helena Maria, e o Pronto-Socorro Dr. Conrado Cesarino Nuvolini, no Jardim Santo Antônio, por possuírem um longo tempo de utilização e necessidades emergenciais.

O secretário de Saúde, Fernando Machado Oliveira, afirmou que para ajustar e melhorar a saúde é importante a colaboração de todos. “Faremos um mapeamento das áreas onde estão os pontos mais críticos”.  Após as explanações de abertura, a programação da 7ª Conferência Municipal de Saúde seguiu com a palestra do pediatra, Jorge Harada, “Saúde e Democracia”, seguido dos grupos de trabalho, votação e homologação das propostas aprovadas, além da eleição para a 8ª Conferência Estadual de Saúde.

A presidente do CMS, Luiza Ivana da Silva, ainda agradeceu a presença de todos e ressaltou a importância da intersecretariedade para discutir as demandas e necessidades da saúde osasquense.

Também participaram do evento, os secretários Lau Alencar (Serviços e Obras), Claudenes Begnini (Transportes e da Mobilidade Urbana), Délbio Teruel (Administração), José Carlos Vido (Chefia de Gabinete), os coordenadores Vitória Silvestre (Juventude), Simone de Carvalho (Mulher, Igualdade Racial e Diversidade Sexual), Almir do Nascimento (Defesa Civil), o presidente Jair Anastácio (Companhia Municipal de Transportes de Osasco), os vereadores Ricardo Silva, Tinha Di Ferreira, Régia Sarmento e Ralfi Silva, a representante dos servidores públicos, Lais Vignati Ferreira, entre outras autoridades.