UBSs usam fitoterapia para melhorar sintomas das doenças de inverno

 

A Oficina de Fitoterápicos mensal da Unidade Básica de Saúde (UBS) Caxambu, realizada na tarde de sexta-feira (17), apresentou para os usuários os benefícios de unguentos, chás e sucos com ervas fitoterápicas com propriedades para a melhoria da imunidade e combate aos sintomas de gripes, resfriados e outros problemas respiratórios. Em toda rede da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) são oferecidas atividades a partir da aplicação da fitoterapia para o bem-estar da população, sendo necessário o contato com a unidade de referência para conhecer as ofertas disponíveis.

Dona Darci da Silva Peres é aposentada e sempre faz uso de chás para ajudar na saúde. “É uma prática que vem de gerações. As oficinas disponibilizadas pela UBS Caxambu ampliam o nosso conhecimento. Por exemplo, o unguento era algo que eu não sabia fazer”, explica a mulher, que replica o conhecimento entre a família.

A farmacêutica Fernanda Bastos, uma das responsáveis pelo desenvolvimento da atividade, alerta para a facilidade no preparo dos produtos caseiros. “Por exemplo, os xaropes são feitos com mel e açúcar e as ervas, como guaco ou o abacaxi, que contém bromelina, e auxiliam no tratamento com alopáticos. Nunca se deve deixar os tratamentos prescritos por médicos para usar apenas os fitoterápicos. São complementares”, detalha.

A enfermeira e gerente da UBS Caxambu, Marilu Batista Barreto Costa, reconhece a importância da atividade realizada mensalmente na unidade. “O perfil do usuário da UBS Caxambu, próximo da zona rural, tem por hábito fazer uso de ervas para chás, por exemplo. Por isso, encaixamos os temas conforme o período. As plantas destinadas para o trato respiratório é importante para o período de queda para a temperatura”, argumenta.

Os interessados nas oficinas fitoterápicas devem entrar em contato com a UBS de referência para identificar quando e em qual atividade o assunto será abordado. A participação é aberta ao público.